Rondônia - 20 de setembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Vasco da Gama / Após polêmica com torcedores, Juninho Pernambucano pede para não comentar jogo do Urubu

Após polêmica com torcedores, Juninho Pernambucano pede para não comentar jogo do Urubu

Nas últimas horas, postagens em defesa ou detrimento do ex-jogador Juninho Pernambucano tomaram as redes sociais, principalmente o Twitter. Atual comentarista da TV Globo e do SporTV, ele fez críticas ao comportamento de Vinícius Júnior em razão do “chororô” na semifinal da Taça Guanabara, quando o Flamengo eliminou o Botafogo. A opinião do comentarista foi rebatida por torcedores do Fla na internet, e imagens de ofensas do próprio Juninho ao Flamengo nos tempos em que era jogador do Vasco foram compartilhadas à exaustão.

Na noite deste sábado, Juninho Pernambucano reagiu e revelou uma série de ofensas que diz estar recebendo nas redes sociais. Além disso, ele afirmou que pediu à TV Globo para não comentar a decisão da Taça Guanabara neste domingo, às 17h, entre Flamengo e Boavista, e prometeu procurar a Justiça em razão das ameaças de torcedores do Flamengo.

“Lixo humano, vou te matar, tu é Paraíba, filho da p…, veado, vai chupar uma r… Foram só as pequenas coisas escritas pela torcida da massa para mim, do povo? As ameaças serão levadas à delegacia segunda. Não farei o jogo amanhã (domingo), pedi para não fazer. Onde estamos?”, questionou o ex-jogador, que ainda compartilhou duas publicações em sua defesa, uma delas com a tag “#JuninhoSim” e que diz que “flamenguista é filhinho de mamãe mal acostumado, não pode ouvir uma crítica que já fica de chororô”.

Juninho também compartilhou a postagem de um torcedor do Flamengo que marcou o perfil da TV Globo e disse: “Não esquece que o Flamengo sozinho garante quase 70% da sua audiência esportiva no Rio. E o Juninho , seu funcionário, declarou guerra à nossa torcida. Eu acho que você vai ter que escolher um lado, mamãe”. O próprio ex-jogador repostou o conteúdo e brincou: “Pra te dar um força e chegar lá mais rápido”.

Fonte: Blog UOL Esporte Vê TV – UOL