Rondônia - 18 de dezembro de 2018
Home / Notícias / Dono da Traffic delata Andrés Sanches nos EUA

Dono da Traffic delata Andrés Sanches nos EUA

O empresário José Hawilla, dono da empresa de marketing esportivo Traffic, delatou Andrés Sanches, deputado federal do PT e presidente do Corinthians, à Justiça dos Estados Unidos.

Segundo Wanderley Nogueira, da rádio Jovem Pan, Hawilla disse o seguinte:

“Durante a Copa do Mundo de 2010, o Sr. Ricardo Teixeira começa uma relação de divisão com o chefe da seleção Sr. Andrés Sanches e este, muito ambicioso, se dispôs a ajudar a mim e ao Sr. Ricardo Teixeira, desde o pagamento de clubes, entidades e até mesmo empresários de jogadores (…).

A relação do senhor Andrés Sanches com o Sr. Ricardo Teixeira se tornou um elo muito forte, onde o mesmo estava encarregado de fazer propinas chegarem até os clubes e federações e também com as TVs.”

Hawilla contou que, depois de muita colaboração com Teixeira, foi oferecido de “presente” a Sanches o “cargo de presidente de seleções de futebol da CBF, em janeiro de 2012”.

“A aproximação ficou ainda maior”, mas, no que dizia “respeito ao pagamento de propinas”, a relação começou “a ficar insustentável pois o Sr. Sanchez cada vez mais pedia e exigia”.

“Os valores nas negociatas eram cada vez mais abusivos, deixando irritados os dirigentes de outros continentes, patrocinadores do Brasil, presidentes de federações internacionais e outros.”

Hawilla disse que “Sanches evitava aparecer, mas os mais próximos de Teixeira sabiam que ele estava por trás, inclusive que a parte dele e dos clubes do Brasil” vinham pelas “empresas de material esportivo”.

“Ele pedia para ser entregue em um apartamento na Rua Apinages, bairro Sumaré, São Paulo, Brazil.”

Em razão de vários desentendimentos, em reunião de novembro de 2017, “com desaprovação do Sr. Sanches eles decidem terminar o ciclo”.

“O Sr. Sanches jamais aceitou esta intervenção do Sr. [Marco Polo] Del Nero, que considerava um perigo e uma bomba para o esquema.”

Hawilla informou “que, no estado da Flórida, foi o sr. Sanches presenteado com uma casa, no sentido de ficar calado”, porém não soube dar maiores detalhes sobre o imóvel.