Rondônia - 22 de junho de 2018
Home / Notícias / Esportes / Vasco da Gama / Wellington: ‘Fui um dos que falou antes do jogo que não estava nada ganho, que ainda restavam 90 minutos’

Wellington: ‘Fui um dos que falou antes do jogo que não estava nada ganho, que ainda restavam 90 minutos’

Foi suado, sofrido, com uma enorme dose de emoção, mas o Vasco da Gama atingiu o objetivo traçado no começo da temporada. Nas cobranças de pênaltis, com inspirada atuação do goleiro Martín Silva, o Gigante da Colina bateu o Jorge Wilstermann e se garantiu no Grupo 5 da Conmebol Libertadores, onde medirá forças com Cruzeiro, Universidad de Chile e Racing (ARG).

Um dos pilares do elenco cruzmaltino, o volante Wellington era um dos mais eufóricos no gramado do Estádio Olímpico Patria após o apito final. O motivo da felicidade? O fato do Almirante ter superado todos os prognósticos e seguir vivo na luta pelo título da principal competição continente. O experiente jogador exaltou a bravura vascaína no momento de maior dificuldade na temporada.

– Acredito que eles fizeram uma partida muito boa taticamente. Sabíamos da dificuldade que íramos encontrar aqui, pela velocidade da bola, pela altitude. Isso não é desculpa, mas o importante é que conseguimos coroar o que fizemos no ano passado, quando com muita luta nos garantimos na Libertadores. Eu estou muito feliz por ter renovado com o Vasco, por estar aqui, estar na fase de grupos. Agora é bola para frente. É pensar no futuro – afirmou o volante.

Ao ser questionado sobre o resultado adverso no tempo normal, Wellington lembrou suas declarações na semana que antecedeu a partida e garantiu que em nenhum momento o Vasco da Gama menosprezou o Jorge Wilstermann. O camisa 7 elogiou o desempenho da equipe boliviana, que chegou até as quartas de final da edição de 2017 da Conmebol Libertadores.

– Eu fui um dos que falou antes do jogo que não estava nada ganho, que ainda restavam 90 minutos. Sabíamos da dificuldade que íriamos encontrar, que se tratava de um adversário difícil. Isso tudo foi provado nesse jogo. Um resultado amplo não quer dizer nada, não define nada. Nossa classificação só foi selada quando o Martín defendeu aquela última cobrança. Ele teve uma noite espetacular, inclusive – concluiu Wellington.

Fonte: Site oficial do Vasco