Rondônia - 18 de dezembro de 2018
Home / Notícias / No Rio, mãe de policial morto se desespera

No Rio, mãe de policial morto se desespera

Reportagem da Folha narra o enterro do corpo do tenente Guilherme Lopes da Cruz, de 26 anos, o 20º agente da lei vítima da violência urbana no Rio em 2017.

Cruz, morto por bandidos em Jacarepaguá, foi enterrado num cemitério da zona oeste do Rio ao som do hino do Flamengo, seu time do coração, tocado por um trompetista profissional.

Segundo o jornal, um dos momentos mais comoventes da cerimônia foi a entrega da bandeira do Brasil à mãe do policial, Valdete, por um oficial da PM. Inconsolável, ela recusou a oferta: “Não quero bandeira, quero meu filho”. Um outro familiar teve de recebê-la.​