Rondônia - 22 de junho de 2018
Home / Notícias / Esportes / Botafogo / Botafogo se surpreende com início de Alberto Valentim e comemora volta da confiança

Botafogo se surpreende com início de Alberto Valentim e comemora volta da confiança

O Botafogo interrompeu um projeto de reestruturação ainda no início após ser eliminado na Copa do Brasil e Taça Guanabara. A troca no comando tinha como objetivo fazer o time se reencontrar após começo de temporada nada animador. E logo no primeiro jogo de Alberto Valetim, a diretoria se surpreendeu.

Viu em campo o que ainda não tinha visto nos primeiros jogos de 2018, quando o time ainda era comandado por Felipe Conceição. A velocidade com que foi apresentada uma equipe organizada e com muita disposição animou a cúpula do futebol. Os méritos caem no colo do novo treinador.

A postura do treinador também agrada, o que vai de encontro ao que ocorria com o antecessor. Enquanto Felipe mostrava uma personalidade calma demais e sem passar a confiança em comandar atletas profissionais, Valentim vive situação diferente. Confiante, tem discurso sólido e que agradou bastante o Botafogo.

“Resgata a confiança de todos nós. Vitória boa, conseguimos levar muitas coisas dos nossos treinos para o jogo. Era ideia nossa fazer isso. Aos poucos, a gente ir crescendo. Gostei muito, fora o que não tinha dúvida que é o empenho, a forma que eles se entregaram para o jogo, o nível de concentração. São jogadores de time grande, que estão defendendo as cores do Botafogo, e nós vamos reagir. Estão de parabéns, agora é descansar ao máximo porque domingo tem outro jogo”, disse Valentim após vitória sobre o Nova Iguaçu.

A vitória logo na estreia de Valentim trouxe tranquilidade ao Botafogo, que respirava um ar pesado nos últimos dias. O treinador espera que isso mude a partir de agora, mas deixa claro que ainda tem muito pela frente. O trabalho está só no início, mas o primeiro passo foi dado.

“Fica um ambiente mais tranquilo para trabalhar. Só que temos de lembrar, com a cabecinha no lugar, de que precisamos trabalhar muito. Precisamos melhorar muito, cada um na sua posição e no coletivo também. Aí vamos, aos poucos, formando um time mais forte. Aqueles que não entraram hoje têm que estar prontos. Infelizmente são só sete no banco, tive que deixar jogadores que vinham treinando bem fora da convocação”, alertou o novo treinador.

Com três pontos na Taça Rio, o Botafogo volta a campo no domingo, às 19h30, quando medirá forças com a Cabofriense no Nilton Santos (Engenhão).

Fonte: UOL