Rondônia - 21 de setembro de 2018
Home / Notícias / Norte / Rondônia / Sugespe implanta projeto para melhorar organização das estações de trabalho no Palácio Rio Madeira

Sugespe implanta projeto para melhorar organização das estações de trabalho no Palácio Rio Madeira

Visando reduzir o desperdício de recursos, aumentar a eficiência operacional e evitar o acumulo de materiais, como papéis, a Coordenadoria de Gestão dos Núcleos Administrativos da Superintendência de Gestão dos Gastos Administrativos (Sugespe) iniciou a implantação do Programa 5S – Senso de Utilização, Ordenação, Limpeza, Normatização, e de Autodisciplina –  no Complexo Rio Madeira, em Porto Velho.

O programa 5S é uma ferramenta eficiente para uma gestão de qualidade. Ela trabalha o Senso de Utilização, que é eliminar do espaço de trabalho o que seja inútil; Senso de Ordenação, organizar o espaço do trabalho de forma eficaz; Senso de Limpeza, que é para melhorar o nível de limpeza; Senso de Normatização, que propõe a criação de normas claras para triagem, arrumação e limpeza; e o Senso de Autodisciplina, que é incentivar a melhoria contínua.

Conforme explicou o engenheiro civil/segurança do trabalho, Fabio Ferreira Bentos, responsável pela implantação do projeto, a metodologia 5S busca o aperfeiçoamento da rotina do dia-a-dia do trabalho, evitando desperdícios e garantindo um ambiente saudável para todos os servidores. “Ela é a base para muitas melhorias que serão desenvolvidas por meio de ações que incluem desde a organização dos setores, como a limpeza nas baias de trabalho, até a padronização dos processos. É possível criar um ambiente de trabalho disciplinado e voltado para a satisfação dos servidores”, acrescentou.

Segundo ele, a implantação da metodologia 5S está começando na própria Sugespe para depois se expandir para outros órgãos públicos localizados no Complexo Rio Madeira. “São ações simples, basta a gente manter no local de trabalho o que realmente necessitamos e usamos, e uma atitude importante é detectar a regularidade com que a pessoa precisa e usa determinado material, para poder coloca-lo no local apropriado”, orientou Bentes.

Para o coordenador de Gestão dos Núcleos Administrativos da Sugespe, Delani Cirino dos Santos, além das ações de organização, os servidores devem saber que tudo se reflete na segurança do ambiente de trabalho dele e citou os objetivos da prática do Senso de Utilização, que visa manter somente o necessário no local de trabalho, ganhando espaço; selecionar somente o que você precisa, gastando o mínimo de tempo e energia para localizar documentos, material de escritório, relatórios, utensílios e ferramentas; combater o desperdício; eliminar acidentes de trabalho.

Leia mais:
Governo investe em obras para reduzir os impactos no trânsito no entorno do Palácio Rio Madeira em Porto Velho