Rondônia - 13 de dezembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Botafogo / Botafogo não depende mais de si e confia em tranquilidade para avançar de fase

Botafogo não depende mais de si e confia em tranquilidade para avançar de fase

O Botafogo não conseguiu mais do que um empate por 1 a 1 com o Volta Redonda, no domingo, e agora chega à última rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, não dependendo mais das próprias forças para garantir uma vaga nas semifinais. O Glorioso divide a segunda posição do grupo C com a Portuguesa, ambos com dez pontos. Porém, a Lusa leva vantagem nos critérios de desempate. O Fluminense, que lidera com 13 pontos, está virtualmente classificado.

Diante deste cenário, o Botafogo vai entrar pressionado na última rodada, quando faz clássico contra o Vasco. O que pode pesar favoravelmente ao Glorioso é que a Portuguesa enfrenta um Flamengo que também precisa vencer. O discurso dos botafoguenses, porém, é o de tranquilidade.

“Não podemos pensar na partida da Portuguesa contra o Flamengo. Temos uma decisão diante do Vasco e precisamos buscar uma vitória. Depois vamos olhar o que aconteceu na rodada. Se formos bem no clássico, já nos garantiremos nas semifinais do Campeonato Carioca”, disse o técnico Alberto Valentim.

De fato, se o Botafogo pelo menos empatar com o Vasco, vai garantir a terceira melhor campanha da classificação geral, que leva em consideração o somatório dos dois turnos, e assim estará nas semifinais do Estadual, mesmo que seja eliminado da Taça Rio. “O importante é olharmos para os nossos jogos, buscarmos as vitórias e subirmos degraus”, relatou o zagueiro Igor Rabello.

O elenco do Botafogo ganhou folga nesta segunda-feira e a reapresentação acontece na tarde desta terça-feira, quando um treino no Estádio Nilton Santos inicia a preparação para o choque contra os vascaínos.

Fora de campo, a diretoria deverá anunciar de forma oficial a contratação do atacante uruguaio Rodrigo Aguirre nos próximos dias. O jogador, que tem os direitos federativos ligados à Udinese, da Itália, deverá utilizar a camisa de número 13, em uma ação de marketing para relembrar a grande passagem do artilheiro Loco Abreu pelo clube. Também uruguaio, El Loco é um dos ídolos mais recentes da história botafoguense.

Fonte: ESPN.com.br