Rondônia - 21 de setembro de 2018
Home / Notícias / Orlando Diniz se diz vítima de injustiças e ‘perseguição diuturna’

Orlando Diniz se diz vítima de injustiças e ‘perseguição diuturna’

O Antagonista confirmou que Orlando Diniz, preso pela PF na Operação Jabuti, enviou uma carta se afastando da presidência da Fecomércio e da disputa por um novo mandato.

Na carta, Diniz — acusado de integrar o esquema de Sérgio Cabral e desviar pelo menos R$ 3 milhões do Sesc e do Senac do Rio— se diz vítima de “ataques pessoais, injustiças e uma perseguição diuturna”, que culminaram em sua prisão “absurda e arbitrária”.

Clique ou dê um zoom na foto abaixo para ler a carta.

imagem13-03-2018-05-03-15