Rondônia - 22 de setembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Um é algoz e o outro vem de Portugal: Corinthians contrata dupla de atacantes para o Sub-20

Um é algoz e o outro vem de Portugal: Corinthians contrata dupla de atacantes para o Sub-20

2.4 mil
visualizações

22 comentários


Comunicar erro

Rael chega ao Corinthians como

Rael chega ao Corinthians como ‘velho conhecido’: foi algoz na última Copinha

Foto: Divulgação

Depois de acertar a contratação do meia Rafinha, de 18 anos, vindo da Ferroviária, o Corinthians encaminhou a chegada de outros dois jogadores destaques das últimas edições da Copa São Paulo de Futebol Júnior: os atacantes Rael, ex-Avaí, e Mateus Criciúma, ex-Porto de Portugal, como reforços para a equipe sub-20 do Timão.

Leia também: Corinthians confia na permanência de Fabricio Oya, livre para assinar pré-contrato

De acordo com informações publicadas nesta terça-feira pelo portal Uol, as duas contratações foram arquitetadas de forma semelhante: nada de empréstimo! Os jogadores chegam com os direitos federativos já devidamente ligados ao Corinthians.

Rael, de 18 anos, é inclusive já muito bem conhecido pelos novos colegas de equipe: foi ele o autor de um dos gols do Avaí na derrota corinthiana por 2 a 0 no jogo que marcou a eliminação do Timão na última edição da Copinha. Ele pertencia ao Noroeste.

Já Mateus Criciúma, de 19 anos, chega ao Corinthians após período de experiência no futebol português. Em solo brasileiro, se destacou na Copinha de 2017 com a camisa do Paulista.

Em tempo: tanto Rael quanto Mateus Criciúma, bem como o próprio Rafinha, se enquadram no novo perfil de contratações do Corinthians. Conforme revelado por Fábio Carille na última segunda-feira, o clube está atento no mercado da bola de olho na montagem de elencos para o futuro.

Nesta terça-feira, em coletiva na Federação Paulista de Futebol, Duílio Monteiro também falou sobre o novo planejamento do Timão: “Ele (Carille) colocou o número que discutimos. Pode ser três, dois ou cinco. Colocamos alguns jogadores que são promessas, tem custo baixo e que o Corinthians pode utilizar lá na frente, pensando a longo prazo. Cada situação é única, dependemos da idade do jogador. Trabalhamos em cima disso para que, no futuro, essas promessas possam dar alegria para a torcida e um bom retorno financeiro para o clube”.

Veja mais em:
Base do Corinthians e Mercado da bola.