Rondônia - 23 de junho de 2018
Home / Notícias / Sudeste / São Paulo / 13º Fórum Econômico Mundial da América Latina aborda desafios para a região | São Paulo

13º Fórum Econômico Mundial da América Latina aborda desafios para a região | São Paulo

O governador Geraldo Alckmin participou, nesta quarta-feira (14), da abertura oficial do 13º Fórum Econômico Mundial da América Latina, realizado em São Paulo. O evento deve reunir mais de 700 líderes de empresas, governos e a sociedade civil para debater desafios e oportunidades na arena socioeconômica.

“O fórum ocorre em um bom momento da economia internacional e em um período de recuperação forte do cenário econômico brasileiro. Ao mesmo tempo, existem grandes desafios na nossa região. Temos o desafio da desigualdade de renda, da abertura econômica e da segurança. A integração latino-americana é importante”, ressaltou Alckmin.

Com o tema “América Latina no Ponto de Inflexão: Criando uma Nova Narrativa”, a reunião pretende ajudar a criar uma nova narrativa, baseada na riqueza de recursos humanos e naturais que a região apresenta, com o foco principal em liderança responsável e no bem-estar da população. O tema também aborda a tecnologia e inovação, que serão fatores importantes para a modernização das economias regionais, o aumento da produtividade e o progresso econômico para todos.

Transformações

Para as organizações, a reunião ajudará a navegar e influenciar as transformações econômicas, políticas e tecnológicas que estão por vir. Outro tema dos debates será como a Quarta Revolução Industrial pode auxiliar a região a maximizar o potencial e promover o espírito empreendedor e ecossistema de startups.

“A reunião regional de 2018 será, sem dúvida, um marco para a agenda da América Latina. Com a articulação de líderes dos setores público e privado e da sociedade civil, podemos exercer uma influência coletiva sobre a narrativa da região”, disse Marisol Argueta de Barillas, chefe de Estratégia Regional – América Latina e Membro do Comitê Executivo, do World Economic LLC.

O governador Geraldo Alckmin destacou que a capital paulista recebe com entusiasmo os participantes do evento. “A cidade de São Paulo sediou o primeiro World Economic Forum on Latin America pela primeira vez doze anos atrás, em 2006. Esse é um momento especial, uma reunião que representa uma grande honra para nosso país e uma oportunidade de trabalhar em conjunto com o fórum para abrir um diálogo e conscientizar as pessoas sobre os maiores desafios globais. São Paulo recebe os integrantes de braços abertos. Desejo a todos um evento excelente”, afirmou Alckmin.

“É uma grande satisfação para a cidade de São Paulo sediar o World Economic Forum on Latin America. A cidade é o maior centro de consumo da região. Com a retomada do crescimento, o Brasil pode apoiar a expansão da economia regional. Para o investidor internacional, é uma ótima oportunidade para conhecer as várias oportunidades de negócios no estado e na cidade de São Paulo”, explicou o prefeito de São Paulo, João Doria.

O evento também conta com as participações de Michel Temer, presidente do Brasil, Isabel Saint Malo de Alvarado, vice-presidente do Panamá, Jorge Faurie, ministro de Relações Exteriores e Culto da Argentina, Cármen Lúcia Antunes Rocha, presidente do Supremo Tribunal Federal, e Henrique Meirelles, ministro da Fazenda, além de outras autoridades da região.