Rondônia - 20 de setembro de 2018
Home / Notícias / Concursos / Correios

Correios

No dia 12 de março de 2018 os funcionários da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios) entraram em greve por tempo indeterminado.

Entre as principais reivindicações dos trabalhadores estão a realização de concursos públicos para a contratação de novos funcionários, a segurança nos Correios e o fim dos planos de demissão voluntária.

O fato é que, desde 2011 sem concurso, os Correios precisam urgentemente de um novo certame, uma vez que, segundo números da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (FENTECT), a defasagem é de cerca de 20 mil trabalhadores.

Ainda de acordo com a FENTECT, “Não há nenhum impedimento para a realização de um novo concurso, provocando a queda na qualidade dos serviços da estatal”.

Diante deste cenário, é grande a expectativa em torno da publicação de um novo edital em 2018.

Posição dos Correios

A empresa ainda não pronunciou sobre a realização de um novo concurso, apenas falou sobre o anúncio da greve.

“A empresa entende que é um direito do trabalhador. No entanto, um movimento dessa natureza, neste momento, serve apenas para agravar ainda mais a situação delicada pela qual passam os Correios e afeta não apenas a empresa, mas também os próprios empregados”.

Concurso Correios 2018

Quando foi anunciado o concurso dos Correios em 2016, que acabou não acontecendo, as vagas seriam destinadas aos seguintes Estados:

Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Amazonas, Bahia, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Distrito Federal.

Os salários iniciais oferecidos pelos Correios são de R$ 1.284,00 para OTT, já incluindo a gratificação.

Para o cargo de Carteiro, os ganhos são de R$ 1.620,50, se acrescentado o adicional de distribuição. Fora as remunerações, os admitidos recebem vale-alimentação/refeição na quantia de R$ 971,96 a R$ 1.092,48. Acrescentando o valor máximo do benefício, o rendimento das carreiras chega a R$ 2.376,48, para Operador, e a R$ 2.712,98 para Carteiro.

Último concurso

O último certame aconteceu em 2011. Na ocasião, foram oferecidas 9.190 vagas distribuídas entre as carreiras de carteiro, atendente, operador de triagem e transbordo, analista de correios, médico do trabalho, auxiliar de enfermagem do trabalho, técnico em segurança do trabalho, analista de saúde, engenheiro de segurança do trabalho e enfermeiro do trabalho.

As vagas do Concurso dos Correios foram para todos os Estados brasileiros. Os salários oscilaram entre R$ 1.003,57 e R$ 3.211,58, sem incluir os benefícios oferecidos pela instituição.

O certame foi organizado pelo Cespe/UnB, que organizou provas objetivas compostas de 120 questões, sendo 50 de conhecimentos básicos – divididas nos temas de língua portuguesa, inglês (para alguns cargos), informática e administração pública – e 70 de conhecimentos específicos.

A Nova Concursos tem ajudado há mais de 10 anos quem quer vencer a batalha do concurso público. Se você quer aumentar suas chances de passar, conheça nossos materiais acessando nosso site!