Rondônia - 15 de dezembro de 2018
Home / Notícias / Norte / Acre / Em dois meses, Polícia Militar realizou quase 5 mil abordagens na região de fronteira « Acre

Em dois meses, Polícia Militar realizou quase 5 mil abordagens na região de fronteira « Acre

Embora a fiscalização de fronteira seja uma responsabilidade do governo federal, o governo do Acre tem intensificado as ações em diversas frentes, com o intuito de coibir ações delituosas nessas regiões. Nesta semana, o Décimo Batalhão de Polícia Militar (10° BPM), responsável pelo policiamento na região do Alto Acre, divisa com a Bolívia e o Peru, divulgou os resultados do trabalho nos dois primeiros meses do ano.

Segundo os dados, foram realizadas 4.771 abordagens a pessoas em atitude suspeita, resultando na prisão em flagrante de 124 adultos, na apreensão de 24 adolescentes infratores. Ainda foram capturados 16 foragidos da justiça, recuperados dois veículos roubados, apreendidas 11 armas brancas e quatro armas de fogo.

De acordo com o comandante do 10° BPM, Major Fredson Araújo, os ótimos resultados são fruto do empenho e dedicação dos policiais e a parceria com a comunidade.

“Graças ao compromisso de cada militar e apoio da população estamos conseguindo garantir a segurança dos cidadãos. São incansáveis abordagens e atendimento de ocorrências, bons resultados. Ainda capturamos muitos foragidos do sistema prisional, que vem se esconder e praticar crime na fronteira”, afirmou.

As ações de fronteira são apenas parte do trabalho desenvolvido pela segurança no estado. Desde o início do ano, as forças policiais tem desenvolvido operações permanentes, especialmente na periferia de Rio Branco e no interior do Estado.

Em pouco mais de 30 dias, só a Polícia Militar, por exemplo, apreendeu 44 armas de fogo e recuperou 69 veículos com restrição de roubo/furto. Já a Polícia Civil, nos últimos dois meses, prendeu cerca de 270 pessoas durante a Operação Impactus, além de confiscar inúmeros bens oriundos do tráfico de drogas.

Redução de homicídios

Com a intensificação do policiamento ostensivo e preventivo, o Acre já experimenta a redução no índice de homicídios desde o inicio de 2018. Estatística preliminar dos casos de homicídios no estado divulgada pela Secretaria de Segurança Pública aponta que, em janeiro, foram registrados 46 óbitos. Já em fevereiro, o número de casos caiu para 28.

Conforme os números, o dado segue na tendência de queda, semana após semana. Entre o dia 1º e o último dia 12 de março, foram registradas 10 mortes. Já nos primeiros 12 dias do mês anterior foram 15 casos.

“Fevereiro foi o período menos violento dos últimos 18 meses. E se compararmos até o dia de hoje, em março, com a mesma quantidade de dias do mês passado, por exemplo – que foi um mês tranquilo -, a redução chega a 44%. Vamos continuar com o policiamento reforçado nas ruas e promover mais ações para que a gente continue no caminho adequado”, destacou o secretário de Segurança Pública, Emylson Farias.

Saiba mais: Após ações das polícias nas ruas, homicídios seguem reduzindo


thumb_up