Rondônia - 13 de dezembro de 2018
Home / Notícias / Nordeste / Maranhão / Encontro debate ações estratégicas sobre zoneamento ecológico e econômico no Maranhão – Maranhão

Encontro debate ações estratégicas sobre zoneamento ecológico e econômico no Maranhão – Maranhão

imagem14-03-2018-19-03-12

imagem14-03-2018-19-03-13

(Foto: Yvens Goulart)

A Comissão Estadual e o Comitê Técnico-Científico do Zoneamento Ecológico-Econômico do Maranhão (ZEE-MA) realizaram, na terça-feira (13), a reunião de ajustes e planejamento, com o objetivo de alinhar as ações estratégicas para desenvolvimento de ações.

O presidente do Imesc, Felipe de Holanda, ressaltou a importância do ZEE como ferramenta para organização, gestão e elaboração de políticas públicas no território do Bioma Amazônico, localizado na Região Oeste do Maranhão.

“Apresentamos produtos cartográficos essenciais para subsidiar o planejamento e execução das atividades que irão contribuir com diagnóstico do Zoneamento Ecológico-Econômico do Bioma Amazônico. O Imesc tem papel fundamental no ZEE, com a realização dos diagnósticos socioeconômicos e também na elaboração dos cenários, além da colaboração na realização de estudos sobre temas ambientais e institucionais”, afirmou Felipe de Holanda.

Já o coordenador estadual do ZEE/MA, Luiz Jorge Dias, destacou o debate qualificado para o aprimoramento das ações do ZEE durante o encontro. “Nós observamos que os representantes estão inteiramente empenhados para que o Zoneamento Ecológico-Econômico do Maranhão saia com o maior rigor técnico possível”, afirmou Luiz Jorge.

Durante a reunião também foi discutida a necessidade da apresentação preliminar dos produtos que serão concluídos no próximo trimestre para a comunidade em geral. Inicialmente, foi apontada a data alusiva ao Dia Mundial do Meio Ambiente, dia 5 de junho, para a realização desse momento, em que os coordenadores temáticos dos diversos produtos do ZEE devem apresentar os resultados preliminares para a sociedade.

“Essa reunião mostra que o Imesc tem, cada vez mais, condições técnicas e confiança da sociedade civil e dos órgãos estaduais e federais participantes das comissões para a realização do trabalho no ZEE”, completou o coordenador do ZEE/MA.

A superintendente de Pesquisa e Geoprocessamento da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Sagrima), Ana Tereza Castro, comentou que as discussões estão sendo positivas, pois é preciso cada vez mais aliar a questão ambiental e a produção agrícola no estado.

O consultor da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão (Faema), César Viana, falou da importância da elaboração do ZEE para o planejamento do Estado. “Esse documento é fundamental, no ponto de vista do planejamento estratégico do Estado, para definir até que ponto se pode compatibilizar o problema econômico do Maranhão, como a produção agrícola e pecuária, com o problema da preservação ambiental, pois tem que haver um equilíbrio entre esses dois setores”, explicou.

Para Jane Cavalcante Rodrigues, técnica ambiental da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), “esta é uma oportunidade de aliar o que o Estado tem de produção técnico-científica e que isso seja consolidado com as instituições para a geração de uma política pública eficiente no Estado”.

ZEE/MA

Para mais informações sobre a importância estratégica do Zoneamento Ecológico-Econômico do Estado, o governo disponibiliza o portal do ZEE, que pode ser acessado pelo link www.zee.ma.gov.br. O site reúne todo o conteúdo relacionado ao tema desde os primeiros levantamentos, realizados no fim dos anos de 1990.

Comentários

Comentários