Rondônia - 20 de setembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Ex-colega de dupla corinthiana, paraguaio do Deportivo Lara é espião para jogo desta quarta

Ex-colega de dupla corinthiana, paraguaio do Deportivo Lara é espião para jogo desta quarta

620
visualizações

10 comentários


Comunicar erro

Balbuena e Romero são ex colegas do zagueiro Mendoza, do Deportivo Lara

Balbuena e Romero são ex-colegas do zagueiro Mendoza, do Deportivo Lara

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Adversário do Corinthians na noite desta quarta, o Deportivo Lara, da Venezuela, tem uma espécie de informante paraguaio: o zagueiro David Mendoza, compatriota e ex-colega de Fábian Balbuena e Ángel Romero dos tempos em que o trio atuava em sua terra natal.

Em entrevista concedida ao portal GloboEsporte.com após treino da última segunda-feira, no CT da base do Corinthians, e publicada nesta quarta, Mendoza revelou já ter passado à comissão técnica do Deportivo Lara informações sobre os paraguaios titulares do Timão.

“Realmente são jogadores muito bons. Fui companheiro do Balbuena no Nacional, do Paraguai, e do Romero no Cerro Porteño. São jogadores muito bons, já falei das características de ambos para a comissão técnica” declarou o beque de 32 anos.

Leia também:Não vai à Arena? Veja como assistir na televisão ao jogo do Corinthians contra o Deportivo Lara Depois de oito anos, árbitro boliviano volta a apitar partida do Corinthians na Libertadores

No que diz respeito a Balbuena, o zagueiro do Deportivo Lara foi ainda além nos elogios: projetou uma carreira promissora do camisa 4 do Corinthians no futebol europeu.

“Vejo que ele é o capitão e tem jogado muito pelo Corinthians. É um ótimo zagueiro. Pelo nível técnico que tem, em breve estará jogando na Europa”, afirmou.

Com passagens pela seleção paraguaia, Mendoza joga hoje no Dep. Lara

Divulgação

O Deportivo Lara, vale lembrar, é o líder do Grupo 7 da Libertadores. Enquanto Corinthians e Millonarios empataram sem gols na Colômbia na primeira rodada, os venezuelanos fizeram valer o mando de campo e venceram o Independiente, da Argentina, por 1 a 0.

“Para quem tem fé, nada é impossível. Na Venezuela, ganhamos do último campeão da Sul-Americana, quando ninguém acreditava na gente. Agora ninguém acredita em nós mais uma vez, mas temos muita fé, acredito que faremos uma grande partida”, finalizou Mendoza.

Veja mais em:
Libertadores da América, Balbuena e Romero.