Rondônia - 23 de julho de 2018
Home / Notícias / Norte / Acre / Integração lavoura-pecuária favorece a produção de arroz no estado « Acre

Integração lavoura-pecuária favorece a produção de arroz no estado « Acre

Nesta segunda feira, 19, a Secretaria de Agropecuária do Estado (Seap), realizou palestra abordando a cultura do arroz associado à pastagem. O evento foi realizado no auditório da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Acre (Faeac), e reuniu empresários e produtores.

Segundo o gestor da Seap, José Carlos Reis, com os incentivos do governo do estado, o arroz passa a integrar a ceara da produção do Acre na integração da lavoura com a pecuária, tendo em vista ser um produto de liquidez, ou seja, a produção é feita com a certeza da comercialização, antes mesmo da colheita.

imagem21-03-2018-05-03-16

Palestra sobre integração lavoura-pecuária realizada reúne produtores e empresários locais (Foto: cedida)

“Estamos dando esse suporte aos produtores esclarecendo como funciona na prática essa associação do plantio do arroz com a pastagem possibilitando o maior aproveitamento da terra, levando em consideração as grandes áreas destinadas a pasto em todo o estado. Além disso, estamos buscando parcerias para que o produto seja industrializado no estado, e assim agregar maior valor ao produto e gerar emprego e renda, tendo em vista a importância dele para a economia do Acre”, disse Reis.

A cultura de que para manter a criação de gado é necessário tão somente utilizar a terra para esse fim, sem a possibilidade de se produzir na mesma área começa a ser mudada. Durante o evento foram apresentadas alternativas de plantio associado à pastagem, uma proposta de utilizar a terra de forma mais produtiva atendendo às duas demandas.

O plantio associado arroz-pasto é mais uma ferramenta para o produtor que busca a integração lavoura-pecuária e como resultado favorável, a racionalização do uso da terra, evitando assim a degradação da área.

“O estudo das características da propriedade bem como o planejamento das etapas de produção, são pontos importantes para se alcançar boas produtividades de arroz e um pasto de qualidade, proporcionando inúmeras vantagens ao produtor e pecuarista, pois com a venda dos grãos o investimento feito na formação ou renovação da pastagem retorna parcial ou totalmente em curto prazo”, ressalta o engenheiro agrônomo Danilo Rodrigues.

Após a colheita do arroz, o pasto que estava sombreado passa a emitir novas folhas podendo ser utilizada em poucos dias.

“O escoamento do produto pela hidrovia do Madeira, permite a viabilização da produção de grãos no estado. O crescimento da agricultura se dá de forma gradativa e tem alcançado os grandes mercados, a proposta de integração do plantio já apresenta resultados expressivos para o Acre”, destaca o presidente da Faeac, Assuero Veronez.


thumb_up