Rondônia - 23 de julho de 2018
Home / Notícias / Nordeste / Maranhão / Carreta da Mulher supera a marca de 180 mil atendimentos no Maranhão – Maranhão

Carreta da Mulher supera a marca de 180 mil atendimentos no Maranhão – Maranhão

imagem16-04-2018-14-04-27

imagem16-04-2018-14-04-29

Carreta da Mulher. (Foto: Divulgação)

Com mais de 180 mil atendimentos realizados desde 2015, a Carreta da Mulher se consolida como política de atenção integral à saúde das mulheres maranhenses no Governo do Estado. A carreta percorre diversos municípios levando exames preventivos como mamografia, papanicolau, testes rápidos de DST/HIV, aferição de pressão, glicemia, vacinas, consultas e orientação nutricional.

Além dos atendimentos de saúde, as mulheres recebem ainda assistência para situações de violência doméstica, que incluem orientação jurídica acerca da Lei Maria da Penha, sob a coordenação da Secretaria de Estado da Mulher (Semu), que realiza a ação junto com a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Conforme balanço, a carreta já atendeu mais de 77 mil mulheres. Os atendimentos impactam diretamente na redução da morbimortalidade feminina por causas preveníveis, como o câncer do colo de útero e de mama, que mais atingem as mulheres no Brasil.

Prevenção

imagem16-04-2018-14-04-30

Alzenir Gargês foi uma das beneficiadas pela Carreta da Mulher (Handson Chagas)

O balanço indica que os exames de prevenção são a maior demanda de atendimento de saúde. Nos três anos em que a carreta atua, já foram realizados 41.116 exames papanicolau e 22.294 mamografias, que ajudam a detectar a presença de alterações celulares ou tumor em fases iniciais.

É na atenção ao câncer que a carreta também promove campanhas específicas no mês de outubro, conhecido pelo engajamento nacional que visa alertar o público feminino sobre os riscos do câncer de mama.

A dona de casa Azenir Garcês, de 55 anos, foi uma das 465 mulheres atendidas pela carreta em Paço do Lumiar, município que registrou 1.598 atendimentos em saúde e de atenção à mulher. Ela conta que a carreta facilitou o acesso a saúde, já que não precisa mais pagar para fazer os exames preventivos, nem sair de perto de casa. “Sempre tive que me deslocar para o centro de São Luís para fazer exame de colo de útero e de câncer de mama, que são caros e que eu tinha que pagar”, disse a dona de casa.

Dos 159 municípios por onde a Carreta da Mulher passou, São Luís foi o que mais registrou atendimentos, superando a marca de 7.500. No interior do estado, a cidade de Viana contabilizou 2.502 atendimentos, seguida de Urbano Santos, com 1.516, e Trizidela do vale, com 1.428. Em 2018, as ações da Carreta continuam. Somente no mês de março foram realizados mais de 3 mil atendimentos nas cidades de Barra do Corda, Jenipapo dos Vieiras, São Vicente Ferrer e Palmeirândia.

Comentários

Comentários