Rondônia - 25 de Abril de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Massagem e fisioterapia: Henrique faz tratamento na Argentina para defender Corinthians

Massagem e fisioterapia: Henrique faz tratamento na Argentina para defender Corinthians

770
visualizações

13 comentários


Comunicar erro

Henrique se envolveu em queda feia no último domingo

Henrique se envolveu em queda feia no último domingo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians corre contra o tempo para deixar o zagueiro Henrique em condições de entrar em campo na noite desta quarta-feira, a partir das 21h45, contra o Independiente, em Buenos Aires, na Argentina, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. O jogador passa por um tratamento especial nesta terça-feira, já em solo argentino.

Conforme reportado pelo site GloboEsporte.com, Henrique tem sessões de fisioterapia e massagem programadas para esta terça-feira, em meio ao treinamento de Fábio Carille que define a provável equipe titular do Corinthians para o embate do dia seguinte. O zagueiro alvinegro se recupera de uma queda de mal jeito no jogo de domingo, contra o Fluminense.

“Ontem (domingo) estava bem pior, ruim até para andar. Hoje já consigo caminhar, ainda sinto dificuldades e dores ao mexer a cabeça, mas vai melhorar. Vamos ver como acordo para poder treinar”, disse Henrique ao se referir ao incômodo na região do pescoço.

“O importante é que nada mais sério aconteceu. Na hora você fica preocupado porque foi uma queda feia, caí de cabeça, mas felizmente está tudo bem. É ter paciência e tratar para recuperar”, acrescentou.

Henrique, vale reforçar, já havia passado por exames médicos na última segunda-feira, ainda no CT Joaquim Grava. Na ocasião, nada de grave foi constatado, o que liberou a inscrição do zagueiro na lista de relacionados do Corinthians para a viagem à Argentina.

No cenário mais pessimista, em que Henrique não esteja à disposição de Carille, a tendência é Pedro Henrique assumir a titularidade ao lado de Balbuena.

Veja mais em:
Henrique, Departamento Médico e Libertadores da América.

noticias doidas