Rondônia - 26 de Maio de 2018
Home / Notícias / Nordeste / Maranhão / Eficiência e conhecimento são focos de formação na PGE – Maranhão

Eficiência e conhecimento são focos de formação na PGE – Maranhão

imagem23-04-2018-22-04-12

imagem23-04-2018-22-04-13

Cerca de 40 servidores participaram da formação. (Foto: Divulgação)

A Procuradoria Geral do Estado do Maranhão (PGE/MA) realizou, este mês, o curso ‘Boas Práticas no Processo Administrativo’ voltado aos servidores do órgão. O evento foi idealizado e ministrado pelo Centro de Estudos da PGE/MA, através do seu diretor, o procurador Miguel Ribeiro, e contou com palestras dele e das procuradoras Lorena Carvalho (procuradora-chefe assessoria especial) e Mara Pinheiro (procuradora geral adjunta).

A primeira turma do curso foi formada por 36 servidores, colaboradores e estagiários, que tiveram informações sobre a técnica design thinking, que prima pela solução de problemas reais de um grupo específico de pessoas. Os participantes ouviram e puderam debater o tema, colocando as principais dificuldades que sentem no dia a dia do trabalho administrativo-operacional.

Para a servidora Ana Tereza Reis, do núcleo de digitalização, o curso foi muito proveitoso e esclarecedor, onde se conseguiu criar e executar rotinas.

“A gente já conseguiu estabelecer rotinas. E rotinas que a gente, no dia seguinte, já consegue aplicar no dia de trabalho. Isso é muito positivo para a instituição, para os servidores. O curso foi extremamente estimulante quando você ouve os diretores da casa, a administração da casa te dando dicas de aperfeiçoamento do trabalho. Isso nos dá estímulo para fazer o serviço público mais eficiente, de maneira mais proveitosa”, comentou Ana Tereza Reis.

A auxiliar de serviços Daiane Oliveira acredita que o curso abriu caminhos para o crescimento e valorização dos servidores.

“Nos órgãos públicos, cada órgão tem uma rotina de trabalho. E, muitas das vezes, a gente foge dessa rotina por falta de conhecimento. Não porque quer responder mal, não porque não quer dar uma informação. Mas por não saber dessa informação. Essa capacitação é uma iniciativa muito boa, uma vez que traz valorização aos funcionários e melhoria ao nosso desempenho profissional”, relatou.

O idealizador do curso rápido é o procurador-chefe da Procuradoria de Estudos, Documentação e Divulgação Jurídica, Miguel Ribeiro. Ele destacou que o curso teve como propósito fazer com que os servidores colocassem suas dificuldades e, nas discussões, encontrar formas para facilitação, agilização e otimização dos trabalhos de todos.

“Foi um evento de direito e gestão, para buscar melhorias no âmbito do processo administrativo. Eles foram ouvidos e o que falaram vai ser transformado em documento para ser levado aos superiores do órgão”, explicou.

Comentários

Comentários