Rondônia - 20 de outubro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Vasco da Gama / Raí trabalha para manter Diego Souza no São Paulo; Vasco ainda negocia

Raí trabalha para manter Diego Souza no São Paulo; Vasco ainda negocia

Diego Souza conta com o apoio de uma das pessoas mais importantes do São Paulo para convencer o técnico Diego Aguirre de que tem potencial para permanecer no clube. O diretor executivo de futebol tricolor, Raí, tem se dedicado a fazer o possível para ajudar na adaptação do meia atacante ao Morumbi. Após o Vasco ter apresentado uma proposta para contratar o jogador na última semana, o dirigente teve uma conversa com o treinador uruguaio.

A ideia de Raí é mostrar para o comandante o potencial do camisa 9. Na cabeça do ex-jogador, Diego Souza pode se tornar uma das peças fundamentais do elenco tricolor. Por isso, ele também não mediu esforços na hora de tirar o jogador do Sport por R$ 10 milhões, no início deste ano. Na época, o São Paulo era dirigido por Dorival Júnior, que também não era um grande entusiasta do atleta.

Agora, Aguirre espera ver um jogador que tenha uma postura mais “intensa” no dia a dia, seja mais extrovertido e encare os treinamentos com a mesma aplicação com que os atletas disputam uma partida. Por isso, o treinador até comentou sobre a postura de Diego Souza durante a coletiva de imprensa após o empate por 0 a 0 com o Ceará, no último domingo (22). A ideia é que ele tenha um comportamento parecido com o de Nenê. Dedicado, o veterano, de 36 anos, passou a ser visto como titular e referência do que Aguirre quer.

Por outro lado, não é só com o treinador que Raí conversou. O dirigente já discutiu a situação com o próprio jogador nos últimos dias. Apesar de entender que o perfil de Diego Souza não é o de um atleta tão vibrante dentro de campo, ele tem passado como é importante trabalhar mais na direção do que o técnico deseja ver.

Por decisão de Aguirre, o meia atacante não foi relacionado para a última partida do São Paulo no Brasileirão. Essa, aliás, não foi a primeira vez que o treinador deixou Diego Souza fora da lista de relacionados com a intenção de inflamar os nervos do camisa 9 – tal estratégia foi adotada na estreia da Copa Sul-Americana, contra o Rosario Central. Apesar de o jogador ter ficado chateado com a decisão, ele não reclamou publicamente, seguiu a rotina de treinamentos, cumprir seus horários sem qualquer atraso e foi elogiado internamente por não expor qualquer ressentimento.

Vasco ainda sonha

Mesmo com o São Paulo tendo recusado a proposta apresentada na última semana, o Vasco ainda não desistiu do sonho de contratar o camisa 9 tricolor. O clube tentou acertar o empréstimo do meia atacante, sendo que o São Paulo ficaria com Evander e teria de pagar parte dos salários de Diego Souza. Uma corrente da diretoria carioca acha válido o empréstimo do jovem meia para valorizá-lo. O jogador, de 19 anos, é alvo de críticas de parte da torcida e teve uma atuação abaixo do esperado neste domingo, contra a Chapecoense. Por outro lado, o técnico Zé Ricardo não quer se desfazer do atleta, que é considerado uma das principais promessas do clube carioca.

O São Paulo também não acha vantajoso ceder um atleta pelo qual fez um investimento de R$ 10 milhões após quatro meses e ainda ter de pagar metade do salário. Contratado no início deste ano para substituir Lucas Pratto e com status de jogador de seleção brasileira, o camisa disputou 17 partidas e marcou três gols pelo Tricolor paulista. As críticas aumentaram após uma performance ruim, com direito a pênalti perdido, na semifinal do Campeonato Paulista, contra o Corinthians.

Diego Souza continua na mira do Vaso, mas conta com o apoio de Raí para ficar no São Paulo

Fonte: UOL