Rondônia - 26 de Maio de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Abel Braga rasga elogios à atmosfera da Arena Corinthians; Carille também é enaltecido

Abel Braga rasga elogios à atmosfera da Arena Corinthians; Carille também é enaltecido

250
visualizações

7 comentários


Comunicar erro

Abel rasgou elogios à atmosfera da Arena Corinthians

Abel rasgou elogios à atmosfera da Arena Corinthians

Foto: Reprodução/TV

A torcida do Corinthians é mundialmente reconhecida. Vestindo a camisa alvinegra ou não, sobram elogios à Fiel nos quatro cantos do globo. Nesta terça-feira, mais um nome se juntou ao grupo de admiradores públicos da atmosfera da Arena: Abel Braga, técnico do Fluminense.

Nos últimos dias, vale destacar, o treinador deu entrevista bastante revoltado com o torcedor do clube carioca que vaiou a equipe durante uma partida da Copa do Brasil. Ao falar sobre o tema, o experiente treinador valorizou o clima de Itaquera.

Vou dizer uma coisa para você, jogar hoje no estádio do Corinthians e no estádio do Palmeiras, a torcida dos caras é uma loucura. Impressiona. Não param. Aquilo é uma loucura, não tinha como. As vezes a gente reclama de juiz, mas não tem como ter uma atuação tranquila. Por mais bem preparado que ele esteja, é impossível, um negócio surreal”, disse, em participação no programa Noite dos Craques, do Esporte Interativo.

A atmosfera da Arena impressionou o treinador ainda mais em 2017. Na partida que confirmou o título do Timão, foi o Fluminense comandando por Abel que saiu na frente, logo no primeiro lance da partida. O tento, no entanto, não abalou a Fiel, que seguiu apoiando.

“Ano passado, fizemos 1 a 0 lá na Arena. No primeiro escanteio, o Henrique, que está lá agora, fez o gol. E os caras passaram a gritar mais, ninguém vaiou nada. Isso que é bonito. Isso é fazer o espetáculo virar espetáculo”, completou.

Não foi só a torcida alvinegra que ganhou uma moral com Abel Braga. Durante a entrevista, o treinador também foi perguntado sobre Fábio Carille. Sobraram elogios ao comandante corinthiano.

Ele é muito bom, tranquilo, sincero. A grande virtude é ter convicção daquilo que ele encontrou. Trabalhou com Mano, com Tite e aí assumiu. Ele não inventou nada. Era ele que trabalhava a parte defensiva. O Corinthians continua sendo forte defensivamente. Foi mexendo, girando e o time encorpou”, finalizou.

Veja mais em:
Torcida do Corinthians e Fábio Carille.