Rondônia - 14 de dezembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Próximo do 100º jogo pelo Corinthians, Maycon usa tom de despedida e já projeta retorno

Próximo do 100º jogo pelo Corinthians, Maycon usa tom de despedida e já projeta retorno

530
visualizações

16 comentários


Comunicar erro

Maycon está a um jogo de completar sua 100º partida pelo Corinthians

Maycon está a um jogo de completar sua 100º partida pelo Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Revelado nas categorias de base do Corinthians, Maycon deve atingir uma marca e tanto pelo clube nesta quinta-feira. O volante de 20 anos, que segue entre os profissionais do time desde 2016, completa 100 jogos pelo time alvinegro no duelo contra o Deportivo Lara, da Venezuela. A partida será realizada às 21h30 (de Brasília), pela fase de grupos da Libertadores da América.

A marca de Maycon, no entanto, vem em meio a uma saída eminente para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. O volante já tem até data para se apresentar no clube europeu e deve firmar sua saída do Corinthians após a parada para a Copa do Mundo. Ainda que evite falar de transferências futuras, o camisa 8 utilizou um tom de despedida ao celebrar o número símbolo que irá atingir no clube alvinegro.

“Fico feliz, é muito difícil um garoto formado na base, da minha idade, chegar a 100 jogos pelo Corinthians na primeira passagem pelo clube. Porque o pessoal sai bastante cedo. Sei da importância disso, gosto muito dessa marca, almejei ela no passado e fico feliz de estar batendo esse número”, disse Maycon, em entrevista ao GloboEsporte.com.

A transferência do volante ao time ucraniano segue com valores em torno de 6 milhões de euros (R$ 24 milhões). O Corinthians, como já noticiado pelo Meu Timão, abrirá mão dos 80% que detinha Maycon na negociação. Com isso, o clube só irá receber os 5% por ser formador do jogador em caso de uma transferência futura. O Timão já recebeu cerca de R$ 11 milhões pela transferência do jogador.

Tenho o sonho de sair, disputar outros campeonatos, ir para a Europa. Não sei se vai acontecer agora ou mais tarde. Mas depois de sair quero voltar, aqui é minha casa, nunca escondi isso de ninguém. Nas propostas que eu tive, falei que se não saísse ia ficar tranquilo, pois aqui me sinto bem. Mas a gente tem que pensar no futuro também. Mas, se eu for para a Europa e voltar um dia, espero voltar para o Corinthians“, revelou o camisa 8.

A possível saída já provoca nostalgia em Maycon. Questionado sobre o jogo mais especial entre os 99 que já disputou pelo Corinthians, o camisa 8 foi categórico. “Gosto de alguns, mas tenho dois em minha memória, porque participei bastante: o clássico contra o Palmeiras, no primeiro turno do Paulistão do ano passado, quando a gente ganhou com um jogador a menos (Gabriel foi expulso ao ser confundido com Maycon). Neste eu roubei a bola e dei o passe para o Jô marcar; e também a final deste ano”, relembrou.

“É claro que teve final ano passado, jogos do Brasileiro, mas uma final, contra nosso maior rival, marca bastante. Ainda pude bater o último pênalti. Não só por ter sido um título, mas pela forma como a gente jogou, por ter sido lá dentro, desbancamos o favorito. Foi um título muito grande”, completou.

Veja mais em:
Maycon e Libertadores da América.