Rondônia - 24 de setembro de 2018
Home / Notícias / Norte / Rondônia / Turismo – Encontro alinha ações do programa de regionalização do turismo – Rondônia

Turismo – Encontro alinha ações do programa de regionalização do turismo – Rondônia

imagem16-05-2018-19-05-35

O técnico da Setur Idebert Santos representou Rondônia

O governo de Rondônia se fez representar na 29ª Reunião Nacional dos Interlocutores Estaduais do Programa de Regionalização do Turismo (PRT), com a participação do técnico da Superintendência Estadual de Turismo de Rondônia (Setur) Idebert Santos. “A troca de experiências e o debate de estratégias conjuntas foram a tônica da 29ª Reunião”, disse Idebert.

Organizado pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (AmazonasTur), o encontro abordou assuntos como a composição do Mapa do Turismo Brasileiro, que norteia a definição de políticas prioritárias na área.

Atendendo a uma demanda de representantes das Unidades da Federação (UFs), o MTur disponibilizou uma cartilha que orienta a criação de conselhos municipais de Turismo, órgãos essenciais ao fortalecimento do setor. O diretor do Departamento de Ordenamento do Turismo do MTur (Deotur), Rogério Coser, apontou benefícios dos colegiados. “É mais um passo na solidificação do PRT. Com essas instâncias funcionando devidamente, as políticas que traçamos podem ser mais facilmente executadas”, destacou.

Técnicos do MTur detalharam a realização da Pesquisa de Demanda Doméstica, que vai colher dados sobre o fluxo de viagens no país e, desta forma, subsidiar a composição do Mapa do Turismo. Também foram divulgadas as linhas gerais do Prodetur + Turismo, programa que financiará projetos de estados, municípios e da iniciativa privada. Luciano Soares, interlocutor de Goiás, elogiou a iniciativa do MTur. “O Prodetur + Turismo vem incrementar o Programa de Regionalização e valorizar o nosso trabalho”, enalteceu.

A pauta do encontro, iniciado na última terça-feira (08) envolveu, ainda, a atuação da Rede de Inteligência de Mercado do Turismo (RIMT), que busca ampliar a profissionalização do marketing turístico nacional. O grupo, composto por representantes do MTur, do Sebrae e de órgãos oficiais de Turismo das UFs, compartilha projetos de forma a balizar a promoção de localidades a partir da adaptação da disponibilidade de atrativos às expectativas e tendências do ramo de viagens.

O Programa de Regionalização do Turismo, lançado em 2004, visa estruturar destinos, qualificar e diversificar a oferta de produtos. Divaldo Borges, interlocutor da Bahia, comemorou o intercâmbio proporcionado pela reunião na capital amazonense. “A gente consegue construir e desenvolver o turismo por conta desse alinhamento com o MTur. Existem estados mais desenvolvidos e outros menos, e essa reunião é ideal para a gente chegar a consensos e colocar todo mundo num mesmo nível”, justificou.

Durante a agenda em Manaus, participantes do encontro visitaram, no rio Negro, um restaurante flutuante, produto turístico característico do estado. Eles também conheceram ações da Cooperativa Solinegro e da Comunidade Catalão, que trabalham o turismo de base comunitária com apoio da AmazonasTur. Os resultados da reunião na capital vão determinar a adoção de medidas na área nos próximos dois anos. Um novo encontro entre interlocutores e técnicos do MTur ocorrerá no segundo semestre de 2018.

CARTILHA

O documento que orienta a criação dos conselhos de turismo enfatiza a importância dos grupos ao desenvolvimento de planos coerentes com a realidade local. Instituídos por lei municipal, os colegiados permitem avaliar e manter políticas democráticas e integradas, consolidando o turismo como importante vetor econômico, cultural, social e ambiental. O objetivo é proporcionar a gestão descentralizada na área, a partir do envolvimento entre os setores público, privado e a sociedade civil.