Rondônia - 14 de dezembro de 2018
Home / Notícias / Política / Humberto Costa condena planos de privatização da Eletrobras e da Chesf

Humberto Costa condena planos de privatização da Eletrobras e da Chesf

O senador Humberto Costa (PT-PE) qualificou nesta quarta-feira (16) de crime de lesa pátria e dilapidação do patrimônio público a intenção do governo do presidente Michel Temer de privatizar a Eletrobras e suas subsidiárias, entre elas a Chesf, através de uma medida provisória (MPV 814/2017).

Para o parlamentar pernambucano, vender a Chesf é privatizar o próprio Rio São Francisco, permitindo um absurdo aumento na conta de energia. Ele lembrou que a empresa atende mais de 80 % dos municípios nordestinos, bem como a outros estados e ao Distrito Federal, cobrando uma tarifa que leva em conta a precária situação social do povo.

A ideia da privatização sofre grande resistência, garantiu Humberto Costa.

— Trabalhadores, trabalhadoras, deputados, deputadas, governadores do Nordeste, todos enfim estamos unidos contra essa temerária medida provisória da privatização da Eletrobras e da Chesf. É uma luta que vamos travar aqui e nas ruas contra a venda deste patrimônio da nossa região — declarou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)