Rondônia - 22 de agosto de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Romero revela que gol de voleio era ‘cobrado’ por parceiro e dá pista: ‘Mesma nacionalidade’

Romero revela que gol de voleio era ‘cobrado’ por parceiro e dá pista: ‘Mesma nacionalidade’

160
visualizações

5 comentários


Comunicar erro

Romero corre para o abraço após marcar de voleio contra Deportivo Lara

Romero corre para o abraço após marcar de voleio contra Deportivo Lara

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O atacante Romero buscava um gol de voleio com a camisa do Corinthians há bastante tempo. E conseguiu na noite dessa quinta-feira, ao marcar assim um dos tentos da histórica goleada alvinegra sobre o Deportivo Lara (VEN), na noite dessa quinta-feira, em Cabudare. Em entrevista ao canal SporTV concedida depois da vitória por 7 a 2, o camisa 11 revelou que era cobrado por um parceiro de time. Tente adivinhar quem…

“Tem a mesma nacionalidade que a minha. Boa pista (risos)”, iniciou Romero. “É o único estrangeiro depois de mim (risos). Mas tudo bem. A gente brinca no vestiário, concentração, o ambiente é muito bom”, acrescentou o atacante.

Romero, como você, leitor, deve ter notado, se referiu ao compatriota Balbuena, único estrangeiro titular do Corinthians depois dele – Colin Kazim, inglês naturalizado turco, sequer está inscrito na Copa Libertadores da América.

Em tom bem-humorado, Romero celebrou o bom momento vivido pelo Corinthians na temporada de 2018: divide a liderança do Campeonato Brasileiro com o Flamengo; está nas oitavas da Copa Libertadores; por fim, também está nas quartas de final da Copa do Brasil.

“Mais ainda agora que nos classificamos, estamos nas oitavas, classificamos na Copa do Brasil também e estamos bem no Brasileiro. Temos que continuar nesse caminho. Domingo tem outro jogo difícil fora de casa contra o Sport, vamos ter que descansar muito, faremos uma viagem muito longa”, projetou Ángel.

Questionado sobre o gol mais bonito da noite corinthiana, o paraguaio não demorou a responder: “O meu (risos). Acho que o time jogou bem hoje. Foi bonito meu gol, já estava tentando fazer esse tipo de gol, uns dias atrás fiz no treino, os caras estavam me cobrando pra fazer num jogo. Esse gol vai pra eles. Agradeço também ao Mantuan, que foi à linha de fundo e fez um cruzamento muito bom”, disse Romero.

Sobre o fato de ainda ser criticado por parte da imprensa brasileira, o atacante diz que gols como o marcado em solo venezuelano o fazem “muito bem”.

“É muito bom. Para mim é muito bom fazer esse tipo de gol. As críticas são normais, ainda vão vir, estou preparado para isso. Trabalho para o Corinthians. Fico feliz porque o Carille está gostando do meu trabalho. Se o Corinthians ganha, sou feliz”.

Confira o gol marcado por Romero sobre o Deportivo Lara

Veja mais em:
Romero, Libertadores da América e Balbuena.