Rondônia - 18 de agosto de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Diretoria liga alerta para cinco atletas com contratos no fim; Sheik acerta acordo por renovação

Diretoria liga alerta para cinco atletas com contratos no fim; Sheik acerta acordo por renovação

14 mil
visualizações

178 comentários


Comunicar erro

Sheik deve renovar até o final da temporada

Sheik deve renovar até o final da temporada

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Emerson Sheik, com vínculo até o meio do ano, Sidcley, Jadson, Danilo, com términos em dezembro, e Romero, que tem vínculo até julho de 2019, são os jogadores do atual elenco do Corinthians com o menor tempo de contrato. A situação dos cinco jogadores deixa a diretoria em estado de alerta.

O que está mais perto de renovar é Sheik. Aos 39 anos, o atacante convenceu a comissão técnica e a diretoria que a extensão do seu vínculo até dezembro seria uma boa para o dia a dia da equipe. Já há um acordo entre as partes, faltando apenas colocar tudo no papel. O popular preto no branco.

Leia também:Meia trazido do ABC faz seu primeiro treino na equipe Sub-20 do Corinthians Com retorno de poupados, Corinthians se reapresenta no CT após empate em Recife Roger fica na torcida pelo ‘fico’ de Carille, mas avisa: ‘Chance aparece, tem de pegar’

A situação dos outros é diferente. Danilo, por exemplo, dificilmente renovará seu contrato com o Corinthians. A tendência é de que o clube faça uma despedida oficial para o camisa 20 na Arena, na reta final da temporada.

Jadson, por sua vez, é outro que merece atenção especial dos dirigentes durante a parada da Copa do Mundo. Seu contrato termina em dezembro e, pelo que demonstrou até agora, a tendência é que o clube faça, sim, um esforço para aumentar seu contrato.

Sidcley dependerá mais do Atlético-PR que do Corinthians, já que o clube não terá os 3 milhões de euros (cerca de R$ 13 milhões) para comprar parte de seus direitos econômicos. A esperança é de que Camacho e Guilherme possam ir bem no clube paranaense e se encontre um denominador comum nas finanças.

Já Romero, como mostrou a reportagem do Meu Timão, é uma situação mais complicada. O Corinthians precisará resolver a situação de salários e luvas do jogador, além de fazer uma composição financeira com o grupo de empresários que o trouxe na temporada 2014.

Veja mais em:
Emerson Sheik, Romero, Sidcley, Danilo, Jadson e Mercado da bola.