Rondônia - 23 de junho de 2018
Home / Notícias / Sudeste / São Paulo / Etecris desenvolvem e qualificam cidadãos no Estado | São Paulo

Etecris desenvolvem e qualificam cidadãos no Estado | São Paulo

Os cidadãos que buscam trabalho, qualificação profissional e desenvolvimento produtivo têm nas Etecris de São Paulo espaços inovadores de conteúdo pedagógico com opções de cursos com carga horária média de 160 horas e duração entre três e quatro meses.

Criadas em 2017 pelo Governo do Estado, as Escolas Técnicas de Economia Criativa (Etecris) possuem sete unidades no território paulista destinados ao desenvolvimento de jovens e adultos entre 16 e 59 anos, preferencialmente os desempregados.

Atualmente, possuem unidades das Etecris as cidades de Santos, São Bernardo do Campo, Campinas, Presidente Prudente e Lençóis Paulista, além de São Vicente, com duas unidades. Os cursos oferecidos incluem Grafite, Prática em Mídias Sociais, Recreacionista, Food Styling, Técnicas de Design de Moda, Vitrinista e Técnicas de Web Design.

Segundo o líder da Coordenadoria de Ensino Técnico, Tecnológico e profissionalizante da pasta, Edmilson Valle, São Paulo concentra 33% dos postos de trabalho de economia criativa do Brasil e possui grande peso na distribuição da renda gerada pelo setor.

“Os cursos das Etecris têm esse viés, de qualificar o aluno, a população justamente nesses cursos em que a máquina não vai abranger”, afirma Edmilson Valle. Um exemplo é o aluno Waldemir Damasceno, que cursou Prática em Mídias Sociais e adquiriu uma nova habilidade para ajudar no desenvolvimento da profissão.

“Isso me leva hoje a ter uma facilidade de divulgar o meu trabalho”, conta Waldemir. “Pra gente conquistar alguma coisa, tem que ser com muito esforço. Como eu, aos 56 anos, aqui, estudando e iniciando mais um curso porque eu tenho um objetivo. Para me atualizar, é dada a oportunidade através da Etecri”, conclui.

Expansão

A previsão da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação é que chegue a 20 o número de unidades em funcionamento até o fim deste ano, com pelo menos uma por região administrativa.

Para conhecer mais sobre a iniciativa e inscrições gratuitas, acesse o site das Etecris.