Rondônia - 17 de agosto de 2018
Home / Notícias / Norte / Roraima / PROJETOS SOCIAIS – Unidades da Setrabes recebem recursos do Tribunal de Justiça para projetos sociais | RORAIMA

PROJETOS SOCIAIS – Unidades da Setrabes recebem recursos do Tribunal de Justiça para projetos sociais | RORAIMA

imagem24-05-2018-04-05-42

Na manhã desta quarta-feira (23) foi realizada a cerimônia de entrega de alvarás destinados ao repasse de recursos, oriundos das prestações pecuniárias objeto de transação penal, suspensão condicional do processo e de sentença condenatória, entregues pelo Tribunal de Justiça de Roraima, por meio da Vepema (Vara de Penas e Medidas Alternativas), a entidades públicas e privadas que desenvolvem trabalhados sociais no Estado.

Nesta entrega, foram contemplados projetos de 29 entidades, entre elas, duas unidades da Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social): Rede Cidadania Melhor Idade e Rede Cidadania Atenção Especial.

Serão destinados R$ 10 mil para os projetos da Sala Pequenos Brilhantes, da Atenção Especial, projeto que teve início em 2015 e hoje atende a 80 crianças a partir de quatro anos, com trabalho pedagógico. Antes da criação das salas, as crianças nessa faixa etária não recebiam atendimento na unidade e, após a Estimulação Precoce, precisavam interromper o tratamento.

“Com esse recurso, iremos adquirir computadores, materiais pedagógicos e mobiliário para melhorar ainda mais o atendimento. Este é um benefício aos alunos, mas que se estende às famílias, pela qualidade no trabalho oferecido”, ressaltou a diretora da Rede Cidadania Atenção Especial, Patrícia Lima.

Já o recurso de R$ 10 mil da Rede Cidadania Melhor Idade será utilizado para oferecer uma nova oficina na unidade, voltada à geração de renda. “Ampliando a oferta de oficinas, os idosos sentem-se valorizados e com capacitação que pode gerar oportunidades de contribuir para a renda”, explicou a diretora da Rede Cidadania Melhor Idade, Adriana Ayres.

“A destinação desses recursos oriundos do cumprimento de penas para utilização na área social nos dá muita alegria. Especialmente porque acompanhamos os projetos contemplados e percebemos um retorno muito positivo na aplicação desses recursos”, pontuou o titular da Vepema, juiz Alexandre Magno Magalhães Vieira.

 

HISTÓRICO – Em 2017, as duas unidades também foram contempladas com recursos da Vepema. A Atenção Especial, no valor de R$ 8 mil, utilizados para aquisição de equipamentos para a Oficina de Panificação, que atende a usuários a partir de 14 anos, com capacitação profissional para produção de pães, doces e salgados.

E no mesmo ano, a Rede Cidadania Melhor Idade também foi contemplada com R$ 8 mil, que foram utilizados para aquisição de equipamentos de som para melhoria das apresentações do coral da unidade, composto por 140 usuários.