Rondônia - 16 de outubro de 2018
Home / Notícias / Política / Comissão mista vota MP que dispensa órgãos públicos de tributos na compra de passagens

Comissão mista vota MP que dispensa órgãos públicos de tributos na compra de passagens

A comissão mista que analisa a Medida Provisória 822/2018 vota na próxima terça-feira (29), às 14h30, o relatório do deputado Delegado Edson Moreira (PR-MG). A MP dispensa, até 31 de dezembro de 2022, os órgãos da administração pública federal direta da retenção de quatro tributos federais nas compras de passagens aéreas com uso do Cartão de Pagamentos do Governo Federal, também conhecido como cartão corporativo.

A dispensa da retenção só valerá para as compras feitas diretamente nas empresas aéreas e abrange o Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ), a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), a Contribuição para o PIS/Pasep e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins).

O governo alegou que a dispensa da retenção era necessária porque os cartões corporativos não discriminam, nas faturas mensais, os tributos que incidem sobre as passagens aéreas compradas por órgãos públicos. Sem essa informação, o Ministério do Planejamento, que centraliza as compras de bilhetes aéreos para os órgãos públicos, não teria como reter antecipadamente os tributos.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)