Rondônia - 21 de junho de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Corinthians reserva? Balbuena projeta duelo contra Internacional: ‘Todos vão querer jogar’

Corinthians reserva? Balbuena projeta duelo contra Internacional: ‘Todos vão querer jogar’

880
visualizações

11 comentários


Comunicar erro

Balbuena foi um dos titulares do Corinthians diante do Millonarios

Balbuena foi um dos titulares do Corinthians diante do Millonarios

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Capitão do Corinthians na derrota da última quinta-feira para o Millonarios-COL, na Libertadores, e um dos líderes do elenco alvinegro, o zagueiro Balbuena não pareceu nem um pouco disposto a ver uma equipe reserva ou mista em campo no domingo contra o Internacional, no estádio Beira-Rio, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Em entrevista concedida ao lado do treinador Osmar Loss, ainda na Arena, em Itaquera, no início da madrugada desta sexta-feira, o camisa 4 do Corinthians falou grosso sobre o próximo embate: “A gente vai perguntar se vai poupar um jogador ou não, mas todo mundo vai querer jogar. Acho que todo mundo vai estar bem para domingo”, afirmou o defensor.

Leia também: Substituído em derrota, Pedrinho se vê pronto para jogar 90 minutos; Loss expõe ideia

Aqui cabe lembrar que o agora ex-técnico corinthiano Fábio Carille tinha como planejamento poupar parte da equipe no duelo frente aos gaúchos, a exemplo do que aconteceu nos recentes empates contra Ceará e Sport, também pelo Brasileirão. Agora sob comando de Osmar Loss, a equipe deve ser esboçada apenas no treino da manhã deste sábado.

De acordo com o discurso adotado por Balbuena, o Corinthians não quer saber de moleza nesta reta final pré-parada da Copa do Mundo. Os seis jogos restantes do Campeonato Brasileiro servirão como espécie de prova de que a equipe é sim competitiva mesmo tendo acumulado tropeços como o da última quinta-feira contra o Millonarios.

“O nosso objetivo maior era a classificação, e se ficasse em segundo também pegaria muito time grande. A gente fica triste por conta das derrotas. Mas temos que melhorar pensando também na Copa do Brasil, no Brasileiro. É trabalhar para continuar essa equipe competitiva que a gente sempre foi”, finalizou o zagueiro.

Veja mais em:
Balbuena e Campeonato Brasileiro.