Rondônia - 17 de junho de 2018
Home / Notícias / Centro-Oeste / Mato Grosso / Demonstração técnica auxilia produtores no preparo de silagem para bovino leiteiro

Demonstração técnica auxilia produtores no preparo de silagem para bovino leiteiro

Com o objetivo de apresentar opções de alimentação para o bovino leiteiro foi realizada uma demonstração técnica na Unidade de Referência Tecnológica (URT) para produção de leite, no município de Campo Verde (131 km ao Sul de Cuiabá). Durante o evento os participantes receberam informações sobre a tecnologia de produção de silagem do Capim Capiaçu. O evento foi realizado no dia 23 de maio, na Comunidade Agrovila Ponce de Arruda, no Sítio Santo Antônio, na área dos produtores rurais Roberto Roseghini e Cleonice Roseghini.

Os produtores aprenderam na prática como preparar a silagem para os animais conferindo a altura ideal de corte, regulagem dos implementos, tamanho ideal de partícula, ponto de ensilagem (teor de matéria seca da   planta), aplicação de inoculante específico, escolha do local adequado para construção do silo, tipos de silo, cuidados para correta compactação, vedação, entre outras etapas.

Foi demonstrado também como determinar o teor da Matéria Seca (MS) do Capim Capiaçu em forno micro-ondas. A determinação da Matéria Seca (MS) de forrageiras é muito importante para se tomar decisões técnicas na propriedade. É essencial, por exemplo, para se determinar o ponto de ensilagem do capim Capiaçu. Para fazer a medição do teor de MS não é mais necessário pagar caro e perder tempo enviando amostra para laboratórios. Um simples forno de micro-ondas pode facilmente medir o teor de umidade da forragem (Comunicado 77 – Embrapa Gado de Leite). As perdas podem ser significativas se a ensilagem for feita antes ou depois do ponto ideal. A utilização do micro-ondas é rápida, barata e muito precisa.

O supervisor da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Sergio Mazeto, explica que a empresa tem primado pela realização de eventos que ensina na prática as novas tecnologias. “Os produtores podem aprender de forma vivenciada com tecnologias voltadas à melhoria de produção e qualidade agropecuária no Mato Grosso e esta foi mais uma ação bem avaliada pelos produtores, que contribui para aumentar ainda mais a força da agricultura familiar”, afirmou.

A demonstração prática foi promovida pelos técnicos da Empaer, Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf) e Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Campo Verde. Essa ação faz parte do Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Leite em Mato Grosso (Pró-Leite), e a Unidade de Referência Tecnológica (URT) foi conduzida pelos técnicos participantes da Capacitação Continuada do Leite, coordenada Pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Agrossilvipastoril.