Rondônia - 19 de junho de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Jô pede para voltar, mas Corinthians desanima ao saber que japoneses recusaram oferta de Carille

Jô pede para voltar, mas Corinthians desanima ao saber que japoneses recusaram oferta de Carille

17 mil
visualizações

105 comentários


Comunicar erro

Jô fez seis gols em 15 jogos do Campeonato Japonês; equipe é lanterninha

Jô fez seis gols em 15 jogos do Campeonato Japonês; equipe é lanterninha

Foto: Divulgação

A recusa de uma oferta milionária do Al Wehda, nova equipe árabe do técnico Fábio Carille, desanimou os dirigentes do Corinthians e findou as chances de Jô retornar ao clube nesta janela de transferências. Parece confuso, mas não é.

A diretoria do Timão foi avisada da vontade do centroavante de deixar o Nagoya Grampus, lanterna do Campeonato Japonês. Quase simultaneamente, os dirigentes ficaram sabendo que o clube japonês recusou uma oferta de US$ 3 milhões (cerca de R$ 12 milhões) pelo empréstimo de um ano.

Leia também: Lanterna do campeonato local, equipe japonesa de Jô passa vergonha

Ciente da falta de dinheiro e de que o Nagoya Grampus deu de ombros a uma boa oferta apenas pelo empréstimo do jogador, os cartolas corinthianos desistiram de tentar qualquer tipo de acordo pela repatriação do ex-camisa 7, que foi artilheiro do elenco e do Brasileirão em 2017.

A tendência é de que Jô faça uma nova tentativa de deixar o Japão em janeiro do próximo ano, quando reabrirá a janela de transferências. Da mesma forma, é bem provável que Andrés Sanchez e os dirigentes do Corinthians busquem outros nomes para reforçar a equipe para o segundo semestre.

Veja mais em:
, Fábio Carille, Mercado da bola e Diretoria do Corinthians.