Rondônia - 17 de junho de 2018
Home / Notícias / Norte / Roraima / MAIS TECNOLOGIA – Produtores indígenas recebem equipamentos agrícolas do governo | RORAIMA

MAIS TECNOLOGIA – Produtores indígenas recebem equipamentos agrícolas do governo | RORAIMA

imagem13-06-2018-16-06-41

Para incentivar a produção de sementes tradicionais e potencializar a agricultura indígena, a governadora Suely Campos entrega na quinta-feira, dia 14, às 10h30, três plantadeiras de grãos e três trilhadeiras. A solenidade será na comunidade do Barro, no Surumu, município de Pacaraima.

Nesta etapa do Programa de Infraestrutura (Proinf) do Território da Cidadania Raposa Serra do e São Marcos foram investidos em torno de R$ 200 mil, com recursos estaduais e de convênio com a Secretaria de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário.

O convênio foi aprovado em 2012, porém entrou em execução a partir de 2015, quando foram liberados recursos no montante de R$ 1.317.580,00, mais a contrapartida do Estado de Roraima no valor de R$ 289.730,00.

Em 2017, o Governo do Estado adquiriu e disponibilizou para as comunidades beneficiárias três patrulhas agrícolas mecanizadas composta cada uma por trator de 75 CV, grade niveladora e carretas agrícola, além de uma pick-up 4 x 4, um caminhão ¾ e um distribuidor de calcário. Em 2018, a Secretaria do Índio vai licitar três kits de irrigação, três casas de farinha mecanizadas, uma colheitadeira de mandioca, uma colheitadeira de grãos e uma empacotadora.

“Com o Proinf do Território da Cidadania Indígena Raposa Serra do Sol e São Marcos o Governo do Estado visa promover a garantia de direitos sociais com estratégias de desenvolvimento e inclusão social. O objetivo é a superação da pobreza e das desigualdades no meio rural através do desenvolvimento territorial sustentável”, afirmou o secretário do Índio, Dílson Ingariko.

O Governo do Estado atende com o Proinf o espaço geográfico que abrange as comunidades indígenas dos municípios de Pacaraima, Normandia, Uiramutã e parte de Boa Vista, onde habitam 218 comunidades, 6.482 famílias, totalizando 34.275 indígenas das etnias macuxi, wapichana, taurepang e ingarikó.

PÓLOS – O Proinf inclui a implantação de três pólos de produção e multiplicação de sementes tradicionais com 10 hectares cada e três unidades de beneficiamento de mandioca para a produção de farinha. Os polos estão implantados nas localidades Barro/Surumu e Sarakura (município de Pacaraima) e Providência (Normandia).

Recentemente, a Secretaria do Índio recebeu a solicitação das comunidades indígenas para a implantação de um quarto pólo de produção na região do Caracanã, município de Uiramutã.

AÇÕES REALIZADAS PELO PROGRAMA:

 

  • Mecanização agrícola de 30ha sendo 10 em cada polo de produção;
  • Mecanização agrícola de 200ha nas regiões de Alto São Marcos, Surumu e Baixo Cotingo;
  • Entrega de 9 toneladas de adubo NPK, Ureia e Cloreto de Potássio (Projeto Sementeira);
  • Transporte de maniva para o plantio nos polos Sarakura, Providência e Depósito;
  • Plantio de 4ha de mandioca no polo Sarakura;
  • Plantio de 2ha de milho no polo Providência, 1ha no Sarakura e 3ha no Barro (Surumu);
  • Assistência Técnica Agrícola na produção e na colheita;
  • Mobilização de produtores para o plantio;
  • Intercâmbio e troca de sementes tradicionais entre os produtores indígenas.