Rondônia - 20 de junho de 2018
Home / Notícias / Sudeste / São Paulo / Univesp contrata supervisores a distância e mediadores de ensino | São Paulo

Univesp contrata supervisores a distância e mediadores de ensino | São Paulo

Permanecem abertas até domingo (17) as inscrições ao processo seletivo voltado para a contratação, pelo período de 12 meses, de 94 supervisores a distância e 1.100 mediadores de ensino presencial da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). Vale destacar que os contratados serão responsáveis pelo acompanhamento dos cursos de graduação da instituição de ensino.

O edital e a ficha de inscrição estão disponíveis pela internet. O processo contará com seis etapas: a seleção irá 21 de junho. No dia seguinte, ocorrerá a publicação da classificação e desclassificação. A lista final será conhecida no próximo dia 29. O cronograma completo também está disponível no edital.

Na avaliação da presidente da Univesp, a pedagoga Fernanda Gouveia, a presença do mediador nos polos é importante para o modelo pedagógico da instituição. “Além do tutor virtual, teremos o profissional no polo para auxiliar os estudantes. Acredito que, dessa forma, a assistência ao aluno é ainda mais eficaz”, explica.

Supervisor

O supervisor receberá o salário de R$ 5 mil, com atividades realizas em 40 horas mensais. Para se inscrever, são necessários alguns requisitos, como especialização, mestrado ou doutorado (será considerado para pontuação apenas a formação de maior titulação), ter experiência comprovada de, no mínimo, um ano na educação superior, e na educação a distância, além da graduação completa nos cursos específicos: Licenciaturas em Matemática, Pedagogia, Química, Física e Biologia, Tecnologia em Gestão Pública, Engenharia de Computação e Engenharia de Produção.

O profissional deverá acompanhar as ações virtuais segundo o cronograma do curso, orientar os mediadores de ensino nas publicações nos fóruns e demais procedimentos, inclusive os presenciais.

O educador também apoiará o mediador de ensino da disciplina no desenvolvimento de projetos no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), bem como nas atividades presenciais com os alunos, a exemplo de estágio e Projeto Integrador. O cargo contempla, ainda, o esclarecimento de dúvidas dos mediadores, a interlocução com os professores autores e coordenadores. Todas as atribuições estão presentes no edital.

Mediador

Já o mediador presencial ganhará R$ 2.500. O profissional deverá dispor de 40 horas semanais, que poderão ser distribuídas de segunda a sexta-feira, das 13h às 22h (com intervalo de uma hora) e, caso necessário, aos sábados (período matutino ou vespertino). Para se inscrever, também são necessários alguns critérios, a exemplo de experiência comprovada de, no mínimo, um ano na educação básica ou superior, graduação completa em um dos cursos: Licenciaturas em Matemática, Pedagogia, Química, Física e Biologia, Tecnologia em Gestão Pública, Engenharia de Computação e Engenharia de Produção.

Entre as atribuições, o mediador deverá realizar a comunicação dos conteúdos programáticos entre o autor da disciplina e os alunos, acompanhar o desenvolvimento das atividades discentes presenciais e virtuais conforme o cronograma do curso.

Além disso, o contratado deve oferecer suporte ao autor da disciplina no desenvolvimento das atividades com os alunos, estabelecer contato permanente com os alunos por meio da plataforma AVA e mediar suas ações, colaborar com a Coordenação do Curso na avaliação dos estudantes, orientar grupos de forma presencial e on-line, no desenvolvimento de procedimentos acadêmicos avaliativos, do Projeto Integrador e do estágio, quando assim determinado, além de outras descritas no edital.

Os interessados no processo seletivo podem esclarecer dúvidas também pela internet.