Rondônia - 14 de agosto de 2018
Home / Notícias / Sudeste / São Paulo / Bombeiros de Santos são referência em salvamento veicular | São Paulo

Bombeiros de Santos são referência em salvamento veicular | São Paulo

A equipe de bombeiros da cidade de Santos conquistou o primeiro lugar na etapa estadual do campeonato de salvamento veicular. O grupo vai representar o Estado na competição nacional em Curitiba, que acontece no começo de julho.

No total, os 20 Grupamentos de Bombeiros (GB) do território paulista mais a Escola Superior de Bombeiros participaram da iniciativa. O 6º GB, que atua de Bertioga a Registros e limites com o Paraná, conta com cerca de 350 bombeiros.

“Escolhemos a equipe de Santos para representar o GB por ser a maior cidade e possuir mais postos de bombeiros”, afirma o comandante das unidades do município, Tenente Rodrigo Eulálio.

A ideia da competição é simular um salvamento de vítimas de acidentes de trânsito que ficam presas às ferragens. Eles devem trabalhar com um tempo estimulado pelos organizadores e realizar procedimentos o mais rápido possível com o máximo de segurança. São atribuídos pontos às técnicas de salvamento e o grupo com o maior placar e com o menor tempo vence a etapa.

A equipe da Baixada foi formada por sete profissionais, sendo um deles reserva. Ela esteve sob o comando do Tenente Eulálio, que atribuiu a vitória ao fato de todos já atuarem juntos diariamente e conhecerem o estilo de trabalho de cada um.

“A nossa conquista foi além dos treinamentos. O conhecimento que temos um do outro foi o nosso ponto forte. Temos um convívio diário e sabemos como cada um pensa e age”, comemora o Tenente.

É a terceira participação na competição. No primeiro ano, a equipe ficou entre os dez e, no ano passado, conquistou a quinta colocação, ficando fora da etapa nacional. Os três melhores colocados em Curitiba vão representar o Brasil no World Rescue Challange (WRC), etapa mundial da ação, que acontece na África do Sul.

6º Grupamento de Bombeiros

A porta-voz do GB, Tenente Karoline Magalhães, conta que, por mais que a equipe do Tenente Eulálio seja composta apenas por sete membros, todos os profissionais da região são capacitados para executar tais procedimentos. Segundo ela, os bombeiros passam por diferentes treinamentos diários.

“Enquanto não estamos em ocorrência, estamos treinando. Quanto melhor preparado ele estiver, mais rápido e com mais segurança chegará à vítima. A competição faz uma mensuração de como estão as equipes, o que significa que estamos bem condicionados para atender a população local”, explica.

Devido à grande quantidade de rodovias, a região atendida pelo GB está bastante suscetível a esses tipos de ocorrências. O intuito da competição, dessa forma, é mostrar que não só em Santos, mas em todo o Estado, os GBs devem manter diariamente esses treinamentos.