Rondônia - 22 de outubro de 2018
Home / Notícias / Nordeste / Maranhão / Caravana Mais IDH entrega dezenas de obras, inaugura Escola Digna e faz aluno voltar a estudar – Maranhão

Caravana Mais IDH entrega dezenas de obras, inaugura Escola Digna e faz aluno voltar a estudar – Maranhão

imagem14-06-2018-10-06-33

imagem14-06-2018-10-06-34

A água chegou a mais de mil famílias com as entregas da Caravana

A Caravana Mais IDH levou dezenas de entregas a nove cidades maranhenses nesta quarta-feira (13), incluindo escola, sistemas de abastecimento de água, cisternas, títulos de terra, sementes e kits de irrigação, entre outras ações.

Trata-se de um esforço concentrado do Governo do Maranhão para melhorar a qualidade de vida nesses locais, que fazem partes dos 30 municípios mais pobres do Estado. O Plano Mais IDH foi lançado logo no início da gestão Flávio Dino.

As cidades desta quarta-feira foram Água Doce do Maranhão, Centro Novo do Maranhão, Jenipapo dos Vieiras, Lagoa Grande do Maranhão, Marajá do Sena, Primeira Cruz, São João do Caru, São Raimundo do Doca Bezerra e Satubinha.

Uma nova Escola Digna foi inaugurada em Marajá do Sena, substituindo uma casa improvisada de taipa que não oferecia condições adequadas. A nova Escola Municipal Princesa Isabel, no povoado Bandeira, já coleciona histórias de impacto.

imagem14-06-2018-10-06-36

Com a nova escola, Welligton Cândido vai voltar a estudar

Welligton Cândido da Conceição, de 14 anos, tinha parado de estudar: “A escola mais perto ficava no Jenipapo. E agora eu tô feliz porque vou estudar nessa escola perto de casa”.

Franciel Alves da Silva, 10 anos, conta que “a minha escola antiga era bem ruinzinha. Era de taipa, não tinha banheiro, a gente tinha que ir pro mato. Hoje a escola nova é muito bonitona com essas cadeiras novas, e tem banheiros pra gente”.

Raisa Cândido da Conceição, de 11 anos, diz que a transformação é radical: “Eu estudava em uma escolinha de taipa, e não era boa. O chão tinha buraco, a gente saía tudo sujo. Essa escola nova é muito bonita. A gente vai aprender muito nela”.

Mais Água

Quatro Sistemas de Abastecimento de Água foram entregues em Centro Novo, São João do Caru, Jenipapo dos Vieiras e São Raimundo do Doca Bezerra, beneficiando mais de mil pessoas. São novos poços com interligação até a residência dos moradores.

“Já estávamos há algum tempo aguardando o poço. A gente agradece porque vai melhorar muito. A gente era obrigado a fazer poço longe de casa, comprar bomba. Era dispendioso. Assim vai ficar mais fácil”, diz Antônio Lucena, morador do povoado de Jabuti, em São João do Caru.

Já as 166 famílias da aldeia indígena El-Betel, em Jenipapo dos Vieiras, receberam 18 cisternas de 25 mil litros destinadas para produção da agricultura familiar e criação de animais, além de uma cisterna escolar com capacidade de 52 mil litros para o colégio Cacique Adebaldo, beneficiando centenas de estudantes.

imagem14-06-2018-10-06-36

Escola Princesa Isabel Antes e Depois

As comunidades indígenas da cidade receberam 85 cisternas para o consumo dos animais e agricultura familiar. “A preocupação do Governo é garantir água nas escolas, água na agricultura, água para os animais, e com isso, melhorar a produção e qualidade de vida nas aldeias indígenas”, afirma o secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves.

Direitos e benefícios

Dois novos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) agora estão funcionando em Marajá do Sena e Jenipapo dos Vieiras. Os prédios atendem crianças, adolescentes, idosos e grupos familiares, garantindo direitos básicos e benefícios como o Bolsa Escola e o Bolsa Família.

O Mais Renda também participou da Caravana, entregando dez kits de beleza para cabeleireiro e manicure em Água Doce do Maranhão. O programa forma microempreendedores, que recebem assistência técnica e acompanhamento para que o negócio dê certo.

Reforço para o produtor

Também foram feitas três Feiras de Agricultura Familiar. Uma delas foi em Lagoa Grande, onde o agricultor Amilton de Araújo esteve presente: “Estava com duas barracas, vendi tudo em uma hora. Chegou a ter fila para comprar o feijão verde. Agradeço demais todo o auxílio dos técnicos do Mais IDH”.

A Caravana Mais IDH também entregou kits de irrigação e sementes a agricultores familiares. E cerca de 80 títulos de terra agora estão nas mãos dos moradores.

Exames e consultas

A Força Estadual de Saúde (Fesma) também esteve presente. Em Lagoa Grande, foram feitos exames de pressão, de glicose e atendimento médico. “É muito bom achar esse pessoal fazendo esse trabalho belíssimo aqui”, diz Raimunda Lopes

Em São João do Caru, Damiana dos Santos da Silva, 33 anos, recebeu os médicos em casa, no povoado Jabuti. “A gente queria levar a mãe no médico, mas ela é daquele pessoal antigo. Só vai se for o jeito. A equipe veio aqui em casa. Nunca tinha acontecido isso de alguém vir aqui em casa consultar. Me sinto orgulhosa”, conta.

Cidadania

A Caravana Mais IDH levou também o Orçamento Participativo para oito cidades. É uma iniciativa para que os moradores escolham as prioridades que serão incluídas no Orçamento do próximo ano.

Comentários

Comentários