Rondônia - 18 de agosto de 2018
Home / Notícias / Esportes / Vasco da Gama / Ex-VP de desportos aquáticos presta contas de sua passagem pela função

Ex-VP de desportos aquáticos presta contas de sua passagem pela função

Prestação de Contas

O Grupo Identidade Vasco, em virtude de graves discordâncias éticas e de gestão com o presidente da Diretoria Administrativa, Alexandre Campello, decidiu que os seus integrantes que ocupavam cargos de vice-presidentes entregassem os cargos no dia 5 de maio, o que foi feito por todos os treze vice-presidentes. Publicamos, a partir de hoje, as prestações de contas dos membros do I.V. que exerceram estes cargos.

Estes treze vascaínos mostraram que é possível no Vasco uma gestão honesta, transparente e competente, processo que foi interrompido pelos atos lesa-Vasco do senhor Campello.

A primeira prestação de contas é a do ex-vice-presidente de Desportos Aquáticos, Salvador Perrella.

Os 104 dias no departamento de desportos aquáticos

Assumimos a temporada da natação com 13 atletas federados, entre as classes Mirim e Master, renovados na FARJ, e durante nosso período este número subiu para 59 atletas federados. Até o mês de julho, período dos campeonatos estaduais, estaremos com 130 atletas federados e ativos, para os campeonatos estaduais.

Ao iniciar a temporada, não havia atleta em nossa equipe com índices para os Campeonatos Brasileiros Absolutos e deixamos, em nossas equipes, 8 atletas aptos com índices para participar destas competições.

Um destes atletas, Felipe Pinheiro, conseguiu ficar em quinto lugar no Campeonato Mundial Escolar, no mês de maio, no Marrocos.

Iniciamos o trabalho com a temporada já em andamento, o que não nos possibilitou ter tempo hábil para transferências e estratégias iniciais mais extensas. Isto devido a maioria dos atletas já terem participado de eventos por outras agremiações, o que impede os mesmos de se transferirem.

Restabelecemos as atividades das escolinhas de natação aos sócios do Vasco e ao público em geral.

De forma planejada, conseguimos nos primeiros 30 dias, colocar 258 alunos na escolinha de natação e nas aulas de hidroginástica. Na primeira quinzena de maio já tínhamos mais de 320 alunos e com o planejamento para chegar a 360 no final do mês.

Como estratégia, investimos em duas áreas de ação junto aos antigos atletas, sócios e comunidade em geral:

– A primeira, no aumento do número de crianças e adolescentes na nossa escolinha, fornecendo assim um número maior de possibilidades de formarmos atletas para compor nossa equipe. Estas crianças, ao frequentarem as aulas e treinos, aproximam a sua família e os mais próximos para um convívio maior, dentro do nosso parque aquático, o que possibilita que eles também se motivem a praticar esportes em nosso Clube.

– A segunda, se referia a trazer de volta os vascaínos que já fizeram parte das nossas equipes de esportes. Com o retorno deles ao nosso convívio e ao nosso parque aquático, motivados a participar e competir pelo nosso Clube, eles estavam cada vez mais aproximando familiares e amigos a frequentar e se inscrever nas nossas escolinhas, formando assim uma nova geração que já nasce com raízes vascaínas.

Este “movimento” de retorno dos nossos antigos atletas já demonstrava que estávamos no caminho certo aumentando, a cada dia, a participação destes nas atividades do Clube. E, também, uma presença maior dos seus familiares, que poderão se inscrever nas atividades.

Começamos a temporada de 2018 com 5 atletas Masters e segundo o planejamento que preparamos, em julho durante o estadual de Masters, no nosso Parque Aquático, poderemos ter a participação de mais de 90 atletas defendendo nosso Clube.

Acertamos com FARJ o retorno da utilização do nosso Parque Aquático para competições oficiais promovendo assim uma maior movimentação social no Clube.

Conseguimos viabilizar o sistema de aquecimento das piscinas de hidroginástica e a de aulas para bebês.

No primeiro mês de funcionamento das escolinhas de natação já destacamos o entusiasmo dos pais, quanto à possibilidade de seus filhos virem a se tornar atletas do nosso Clube e a felicidade das crianças em perceber a evolução com a sequência das aulas.

Por Salvador Perrella, ex-vice-presidente de Desportos Aquáticos do Club de Regatas Vasco da Gama, Secretário-Geral do Comitê Brasileiro do Esporte Master (CBEM) que conquistou o direito de executar os Jogos Panamericanos Master em 2020 na Cidade do Rio de Janeiro

Fonte: Facebook Identidade Vasco