Rondônia - 20 de julho de 2018
Home / Notícias / Norte / Acre / Programa Primeira Infância e apoiadora United Way realizam agenda em Rio Branco « Acre

Programa Primeira Infância e apoiadora United Way realizam agenda em Rio Branco « Acre

Atuando com o objetivo de melhorar a vida de crianças menores de seis anos e gestantes, o Programa Primeira Infância Acreana (PIA), iniciativa executada pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) e coordenado pelo gabinete da vice-governadora Nazareth Araújo, vem mudando a perspectiva das famílias contempladas.

Como forma de fortalecer a rede de serviços desenvolvidos pelo PIA, junto aos mediadores do programa, tem acontecido ao longo desse mês de junho uma extensa agenda com representantes da entidade apoiadora do programa, United Way Brasil (UWB), que estiveram na capital para realizar reuniões, oficinas e capacitações com apoio das coordenações estadual e municipal do PIA.

imagem19-06-2018-21-06-41

Só na região do Calafate, PIA acompanha 200 crianças de 0 a menos de 6 anos (Foto: Júnior Aguiar/Sesacre)

“Essa agenda já é uma programação para as próximas ações, do segundo semestre de 2018, já que a United Way permanece com a gente só até dezembro, apoiando o PIA financeiramente. Então eles vieram reorganizar a agenda dando continuidade às formações dos profissionais envolvidos no programa”, destaca Priscylla Aguiar, coordenadora do PIA.

Como parte das ações, profissionais que atuam na linha de frente do programa, entre eles enfermeiros e agentes comunitários de saúde, foram atualizados por meio do Guia de Visitas Domiciliares, rodas de conversas entre outras atividades promovidas pelas equipes que coordenam o Primeira Infância Acreana.

Só na região do Calafate, o PIA acompanha cerca de 200 crianças.

“Durante três dias tivemos uma agenda extensa, tanto com a gestão estadual, quanto com a municipal e também com os próprios Agentes Comunitários de Saúde. A nossa intenção é essa mesmo, de intensificar as visitas, acompanhando os profissionais que atuam no PIA como estão sendo feitas essas atividades, se realmente o roteiro, o guia de visita estão sendo seguidos. Esse acompanhamento na articulação traz mais segurança no processo de trabalho”, destaca a articuladora local da UWB, Ana Cássia Ribeiro.

Além disso, para avaliar o impacto do PIA e os avanços que o estado obteve na assistência materno-infantil no território do Calafate, está sendo realizada uma pesquisa qualitativa em parceria com a Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão Universitária no Acre (Fundape).


thumb_up