Rondônia - 19 de setembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Fagner revela conversa especial com Tite antes de estreia em Copas do Mundo

Fagner revela conversa especial com Tite antes de estreia em Copas do Mundo

570
visualizações

3 comentários


Comunicar erro

Fagner e Tite trabalharam juntos no Corinthians nos anos de 2015 e 2016

Fagner e Tite trabalharam juntos no Corinthians nos anos de 2015 e 2016

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Uma parceria “das antigas” vem marcando os bastidores da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia: o técnico Tite e o lateral-direito Fagner. Colegas de trabalho no Corinthians nos anos de 2015 e 2016, eles reviveram os tempos alvinegros às vésperas da vitória canarinha sobre a Costa Rica, por 2 a 0, na última sexta-feira, pela segunda rodada do Mundial.

Leia também:Feliz por oportunidade, Fagner se vê pronto para Copa como titular mesmo atuando no Brasil Fagner faz post emocionante e agradece a fisioterapeuta do Corinthians após estreia na Rússia Até rivais se rendem, e Fagner é elogiado após estreia em Copas do Mundo; veja repercussão

Em entrevista coletiva concedida neste domingo, Fagner revelou um bate-papo especial travado com Tite no dia que antecedeu o jogo entre Brasil e Costa Rica. Foi apenas na véspera da partida que o camisa 23 corinthiano (e 22 na Seleção) descobriu que seria escalado como titular para substituir o lesionado Danilo, que fora diagnosticado com problema no quadril.

“Tite trabalha as duas equipes da mesma forma, titulares e reservas, para que todos estejam preparados. Foi no meu quarto, falou para eu me preparar e que eu já sabia basicamente o que ele tinha pensado como estratégia por a preparação ser igual”, relatou.

E seja pela boa atuação em sua estreia em Copas do Mundo ou pela confirmação da ausência de Danilo, Fagner seguirá como titular da Seleção no duelo da próxima quarta-feira, contra a Sérvia. A equipe canarinha precisa de um empate para se garantir nas oitavas de final do Mundial.

“A pressão existe por tudo o que fizemos lá atrás. Gerou expectativa e uma pressão. Estamos satisfeitos com o desempenho e sabemos que existe margem para melhorar. Sabemos que no decorrer da competição vamos melhorando a cada jogo”, falou o lateral corinthiano.

Veja mais em:
Fagner, Tite e Corinthianos na Seleção.