Rondônia - 19 de novembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Pedrinho celebra fim de ‘jejum’ no Corinthians e se diz emocionado com carinho da Fiel

Pedrinho celebra fim de ‘jejum’ no Corinthians e se diz emocionado com carinho da Fiel

1.0 mil
visualizações

24 comentários


Comunicar erro

Pedrinho encerrou jejum de quase quatro meses sem gols pelo Timão

Pedrinho encerrou jejum de quase quatro meses sem gols pelo Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O empate de 2 a 2 no amistoso entre Corinthians e Cruzeiro, da última quarta-feira, encerrou um jejum de mais de quatro meses de Pedrinho. Autor do segundo gol do Timão no duelo, o meia não balançava as redes desde o dia 18 de março, quando enfrentou o Bragantino pelas quartas de final do Paulistão 2018. O feito foi celebrado pelo camisa 38, que não escondeu a felicidade ao falar sobre o assunto.

Fico feliz de estar entrando e correspondendo à altura da expectativa do torcedor. Claro, sabia que fazia grandes jogadas, mas a gente às vezes não acaba (rendendo) em números, finalizações e gols, então estou tentando jogar mais próximo do gols para tentar fazer essas jogadas e terminar em gols”, disse.

Pedrinho entrou durante o segundo tempo do duelo, quando o Timão perdia pelo placar de 2 a 1. O jovem de 20 anos teve o nome gritado por todos os quatro cantos da Arena Corinthians, e o pedido foi acatado por Loss. A mudança fez efeito e o gol de empate veio aos 37 minutos, com assistência de Marquinhos Gabriel.

O carinho da Fiel foi exaltado por Pedrinho – que já é considerado o “xodó” da torcida alvinegra desde sua estreia. “Sempre parece a primeira vez. Fico muito emocionado ter meu nome gritado por uma torcida gigantesca, uma das maiores do país. Fico muito feliz, de ter todo esse reconhecimento. Então, quando eu entrou tento responder a altura, com boas jogadas, trazer essa felicidade para o jogo”, completou.

Leia também:Sheik volta a ser ausência no CT e Ralf ganha data de retorno aos treinos; Mantuan será reavalidado Com gol de Jonathas e três retornos, Corinthians vence São Caetano em jogo-treino

Revelado nas categorias de base do Corinthians, o camisa 38 ganhou status de profissional na última temporada, quando ainda era comandado pelo técnico Fábio Carile. O primeiro gol na equipe principal veio pouco tempo depois, na vitória de 1 a 0 sobre a Ferroviária, pelo Campeonato Paulista de 2017. Hoje com três gols em sua conta, Pedrinho fugiu de preocupações com números.

“Nunca fui fazedor de gols desde a base, sempre fui mais um meia central, como sempre falava, que eu preferia muito mais dar assistência do que gol. Eles (pais e amigos) sabem, eles sempre cobram… quando eu vou mal, pedem para eu concentrar mais, aquelas críticas construtivas. O gol a gente sempre quer fazer, mas seja feito à vontade de Deus, na hora certa, sempre no momento certo, ele acontece”, afirmou.

O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, diante do Botafogo, na retomada do Campeonato Brasileiro após o recesso da Copa do Mundo. Durante o período, a equipe disputou três amistosos: dois contra o Cruzeiro e um contra o Grêmio. O encerramento da intertemporada com o empate foi visto como positivo por Pedrinho.

“A gente teve uma conversa no vestiário, o Walter tava brincando um pouquinho, que os caras disseram que era amistoso. Amistoso para eles, porque para a gente não. Sabemos da cobrança da torcida do Corinthians, então independentemente se ter amistoso, a casa é cheia e a cobrança é a mesma. Esses resultados que conseguimos nesses três jogos foram fundamentais para dar tranquilidade para a torcida, acreditarem no trabalho do Loss, e a gente fazer um grande trabalho”, encerrou.

Veja mais em:
Pedrinho, Amistosos do Corinthians, Torcida do Corinthians e Treino do Corinthians.