Rondônia - 23 de outubro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Roger lamenta gols perdidos pelo Corinthians: ‘Se é frustrante para alguns, imagina para mim’

Roger lamenta gols perdidos pelo Corinthians: ‘Se é frustrante para alguns, imagina para mim’

980
visualizações

44 comentários


Comunicar erro

Roger foi titular na derrota de 2 a 1 do Corinthians diante da Chapecoense

Roger foi titular na derrota de 2 a 1 do Corinthians diante da Chapecoense

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Roger não teve uma atuação brilhante na derrota de 2 a 1 do Corinthians diante da Chapecoense, deste domingo, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O centroavante, recém-recuperado de um entorse no tornozelo esquerdo, perdeu chances claras diante do gol e recebeu inúmeras críticas dos torcedores após o duelo. De acordo com o camisa 9, a frustração está além dos limites da arquibancadas.

Sem balançar as redes desde o dia 6 de junho, na vitória de 1 a 0 sobre o Santos, pela décima rodada do Brasileirão, Roger teve uma participação crucial no gol do Corinthians deste domingo. Aos cinco minutos de jogo, um cabeceio dele, de frente para o gol, foi defendido pelo goleiro Jandrei. No rebote, Marquinhos Gabriel marcou. A vitória parcial do Timão se manteve até o segundo tempo, quando a Chapecoense conseguiu a virada.

“Acredito que a segunda bola do Vital era difícil, tentei bater o mais rápido possível. Acho que a cabeçada (que originou o gol de Marquinhos Gabriel) é mérito do Jandrei. As chances aparecem, tenho trabalhado muito. Se é frustrante para alguns, imagina para mim. Tenho procurado fazer o meu melhor, me doado, treinado o máximo. Também tem me incomodado bastante, mas não é isso que nos fez perder hoje”, disse Roger, enquanto deixava a Arena Condá.

Leia também:Dois corinthianos levam notas ainda piores que Cássio na derrota do Corinthians; Araos destoa Loss aponta principal ‘inimigo’ do Corinthians em derrota e mantém esperança viva no Brasileirão

Questionado sobre um possível “relaxamento” do Corinthians após o gol no primeiro tempo, Roger foi categórico. “Não tem essa de jogo resolvido não. No futebol brasileiro, é tudo muito parelho, todo mundo joga igual, joga duro. Uma equipe que você acha que não vai ganhar, vai lá e ganha do que talvez seja favorito”, analisou.

“Não tem nada disso, a Chapecoense teve um melhor segundo tempo, como tivemos um primeiro muito melhor. Acabou fazendo um gol ali que eu, já falei, acho irregular, para mim foi falta (em Gabriel, que rendeu um contra-ataque para os catarinenses). Enfim, aconteceu, passou, é levantar a cabeça e buscar a vitória na quarta-feira”, completou.

Neste momento, o Corinthians está estacionado na sétima colocação do Brasileiro, com 26 pontos. O líder São Paulo está a 12 pontos de distância. Porém, a equipe terá que deixar a disputa do Nacional um pouco de lado nos próximos dias e pensar na Copa do Brasil.

Isto porque o Timão volta a disputa da competição já nesta quarta-feira, diante da mesma Chapecoense, na Arena Condá. O duelo é válido pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, e o Corinthians entra com vantagem após vencer o primeiro embate por 1 a 0.

Muda tudo (na quarta-feira), é um mata-mata. A equipe que vai a campo é a que vem jogando, considerada titular, que tem tido melhores resultados que a de hoje.A gente queria ter vencido hoje, para encostar no G4 (do Brasileirão), mas o foco dessa semana era a classificação”, finalizou Roger.

Veja mais em:
Roger.