Rondônia - 20 de novembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Atacante do Corinthians elogia postura defensiva: ‘Hora de reconhecer limitações e vencer’

Atacante do Corinthians elogia postura defensiva: ‘Hora de reconhecer limitações e vencer’

810
visualizações

10 comentários


Comunicar erro

Clayson foi titular do Corinthians na partida contra o Flamengo

Clayson foi titular do Corinthians na partida contra o Flamengo

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Bastou uma semana de trabalho do técnico Jair Ventura, e até um dos mais dribladores e ofensivos atacantes do Corinthians já está apoiando a nova estratégia defensiva da equipe. Em entrevista concedida no fim de tarde desta sexta-feira no CT Joaquim Grava, Clayson ainda repercutiu o estilo retranqueiro colocado em prática pelo Timão na última quarta.

Corinthians e Flamengo empataram em 0 a 0 no Maracanã, no jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil. O estilo de jogo talvez excessivamente defensivo rendeu ao Timão críticas por parte de comentaristas esportivos. Questionado sobre o assunto, Clayson deu de ombros aos críticos e saiu em defesa da proposta adotada pelo novo treinador corinthiano.

“Nós fomos com um propósito de jogo para o Rio e conseguimos executar com sucesso. Não jogamos só para marcar. Jogamos por uma bola, tivemos, inclusive uma comigo, mas errei o chute. A gente sabe que precisa melhorar, definir melhor para fazer os gols, mas estamos melhorando. Nossa parte defensiva, começando lá do ataque, melhorou. Agora vamos trabalhar para melhorar o ataque”, analisou.

Leia também:Após lesão, drama com a filha e morte da sogra, Clayson fala em cabeça melhor e prevê evolução Postura defensiva do Corinthians diante do Flamengo é alvo de críticas de comentaristas esportivos

“Não consigo te responder o que o Jair vai fazer (para o jogo de volta). Depois ele terá uma semana para trabalhar. Mas dentro de casa, com nossa torcida, creio que vamos com uma proposta diferente, de vencer. Acho que a ideia é essa, mas, se não for, a gente vai para se defender e passar. O importante é estar na final. Não é hora de jogar bonito. É reconhecer as limitações e vencer os jogos”, acrescentou, em tom bastante sincero.

Cabe lembrar que o próprio treinador Jair Ventura prometeu uma estratégia mais ofensiva por parte do Corinthians para o decisivo embate contra o Flamengo. Antes disso, porém, o Timão terá compromissos diante de Sport e Internacional, ambos válidos pelo Campeonato Brasileiro e também agendados para a Arena, em Itaquera.

Veja mais em:
Clayson, Jair Ventura, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.