Rondônia - 22 de setembro de 2018
Home / Notícias / Famosos e Variedades / Leo Dias chora em despedida do ‘Fofocalizando’ antes de tratar vício em cocaína

Leo Dias chora em despedida do ‘Fofocalizando’ antes de tratar vício em cocaína

O jornalista Leo Dias se emocionou e foi às lágrimas durante a sua despedida temporária do ‘Fofocalizando’, programa do SBT, nesta sexta-feira (14). Ele está deixando suas funções para tratar seu vício em cocaína.

Enquanto Dias chorava, ele recebia o apoio de seus colegas de ‘Fofocalizando’ – Leão Lobo, Lívia Andrade, Mamma Bruschetta e Gabriel Cartolano.

Assista:

O apresentador, que já se envolveu em diversas polêmicas com artistas como Mara Maravilha, Danielle Winits e Marília Mendonça, contou durante o ‘Morning Show’ da Rádio Jovem Pan que começou a usar a droga em 2001, quando morava na Austrália, e que a usa como uma espécie de fuga.

“É fuga. Eu sou atacado diariamente por artistas e anônimos na internet. Eu lembro de uma vez que cheirei quase três dias seguidos, quando a Viviane Araújo prestou queixa contra mim na delegacia. Aquilo me deixou tão mal. Eu fujo. A cocaína foi a minha melhor companhia durante muito tempo”, falou.

“Eu não quero que ninguém tenha pena de mim, o culpado disso sou eu, fui eu que procurei a cocaína. Eu sei exatamente os meus erros e sei exatamente que eu sou responsável por tratar deles para ter uma vida digna”, disse ele, que revelou já ter tentado um tratamento em uma clínica de reabilitação convencional, que não funcionou.

Dias deu mais detalhes sobre seu tratamento, que vai durar duas semanas e que deve usar uma droga alucinógena chamada Ibogaína. “É um tratamento inovador, revolucionário, que pode chocar muita gente. Serão 12 horas ininterruptas de alucinação”, contou, dizendo que teve autorização do Ministério da Saúde para trazer essa droga para o Brasil. “Pode dar certo? Pode. Pode dar errado? Pode. Mas eu quero me submeter a isso.

Veja também:William Bonner vai se casar com Natasha Dantas em setembro, diz jornal

Ele ainda falou que decidiu procurar tratamento após se dar conta de como isso estava atrapalhando seu trabalho. “Teve um problema com a Mara há um tempo, e aí eu soube que os diretores do SBT queriam a minha demissão, por ‘n’ razões, uma delas é porque eu faltei alguns dias. Aí o Silvio Santos falou assim: ‘Eu não vou demiti-lo por dois motivos. Porque ele é bom e porque ele tá doente’. Quando eu percebi que o Silvio sabia da minha doença – eu não era um drogado, eu era um doente. Eu sou pequeno demais perto do Silvio Santos”, falou.

Leo Dias revela quem já beijou Anitta e detona Bruna Marquezine