Rondônia - 26 de setembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Vasco da Gama / Fabrício: ‘Tenho que fazer mais por esse clube maravilhoso’

Fabrício: ‘Tenho que fazer mais por esse clube maravilhoso’

O mundo deu voltas para Fabrício. Surpresa que chegou a causar espanto para muitos torcedores do Vasco na escalação, o lateral-esquerdo – que estava totalmente relegado no clube – surgiu como aposta do técnico Alberto Valentim como opção para criação das jogadas no meio de campo e não decepcionou. Com bons passes, incluindo um no gol de Andrés Rios, o experiente jogador ressurgiu das cinzas no Cruzmaltino.

Sua última partida pela equipe até então havia sido no dia 6 de junho, na derrota para o Botafogo por 2 a 1, quando foi extremamente vaiado e, muito abatido, chegou a pedir aos dirigentes vascaínos que fosse negociado.

Diretor-executivo de futebol na ocasião, Paulo Pelaipe conseguiu demovê-lo da ideia, mas desde então, ele não vinha sendo aproveitado e por muitas ocasiões sequer chegou a ser relacionado para partidas.

Além de atuações ruins na lateral esquerda, Fabrício era um dos jogadores envolvidos numa foto postada nas redes sociais e que causou polêmica quando o Vasco estava no Chile para o jogo contra a Universidad de Chile pela Copa Libertadores. Alguns deles foram afastados e a torcida não os perdoou. Feliz pelo desempenho, ele desabafou e pediu desculpas.

“Já trabalhei com o Alberto no Palmeiras em 2016 e jogava no meio de campo. Andei conversando muito com ele no treinamento. Aconteceu o episódio da foto e acabei afastado. Eu estava envolvido e só Deus sabe o que passei. Se eu machuquei alguém, até peço desculpas aos torcedores. Tive a oportunidade de sair, não saí, e agora é trabalhar forte para sair dessa situação o mais rápido possível”, declarou à emissora “SporTV” na ocasião.

Em seguida, deu mais detalhes sobre o período em que ficou relegado no Vasco

“Foi um período difícil. Às vezes ia embora para São Paulo, via meus colegas jogando, treinava a semana inteira e não podia ajudar, isso dói muito. Na minha carreira nunca tinha passado por uma coisa dessa, mas é não deixar a peteca cair, eu treinei bastante. A rapaziada sabe da minha alegria aqui. Eu tive oportunidade de sair e falei: ‘não vou sair, acabei de chegar’. Tenho que fazer mais por esse clube maravilhoso”.

Responsável por resgatá-lo, Valentim foi só elogios a Fabrício:

“O Fabrício vem treinando muito bem, muito forte. Só para vocês (jornalistas) saberem, é o que mais está correndo nos treinos, em distância percorrida, em alta intensidade. Tem qualidade. Eu queria ele fazendo essa ligação no meio-campo e ele fez muito bem. Dando bons passes. Dou muito valor ao treinamento, acho muito rico. Por isso, quem treinar bem, treinar forte, vai jogar”.

O contrato de Fabrício com o Vasco termina no fim desta temporada.

Fonte: UOL