Rondônia - 11 de dezembro de 2018
Home / Notícias / Política / Câmara comemora dia nacional dos vicentinos

Câmara comemora dia nacional dos vicentinos

Najara Araujo/Câmara dos Deputados
Homenagem ao Dia Nacional dos Vicentinos
Sessão solene em homenagem ao dia nacional dos vicentinos

Em homenagem dia nacional dos vicentinos, comemorado no próximo dia 27 de setembro, a Câmara dos Deputados realizou, nesta segunda-feira (24), sessão solene requerida pelo deputado Rôney Nemer (PP-DF), a fim de valorizar e destacar o trabalho de caridade desses cidadãos pelas pessoas mais humildes.

Em mensagem enviada ao Plenário, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), relembrou a história e trajetória de Frédéric Ozanam, ativista católico responsável por fundar a sociedade São Vicente de Paulo, originalmente criada em Paris, que se estendeu por 150 países.

Maia relembrou a chegada dos vicentinos ao Brasil em 1872. “Atualmente soma 153 mil membros que mantêm creches, escolas, projetos sociais, lar de idosos e mais um sem número de obras assistenciais. São mais de 74 mil famílias atendidas por esses voluntários da caridade em nosso País. Somos a maior nação vicentina do mundo”, destacou.

Segundo o parlamentar, “num País que sempre sofreu com profundas desigualdades sociais, a atuação dos vicentinos em todos os sentidos é um apoio tanto material quanto espiritual para os mais necessitados”.

O deputado Rôney Nemer considera o trabalho dos vicentinos encantador. “Leva alento para aquela família que muitas vezes se acha à margem de tudo, não tem nada para comer, acha que o Estado esqueceu dela e o vicentino leva não só o alimento material, mas também espiritual para colocar a palavra de Deus em cada lar que a gente tem acesso”, declarou.

O deputado Miguel Lombardi (PR-SP), integrante do grupo, disse que a sociedade São Vicente de Paulo é uma das maiores entidades do mundo dedicada ao cuidado e acolhimento dos pobres. “É um povo que se se preocupa com o próximo”, garante. “Não somos nós que ajudamos os pobres, são eles que nos ajudam a ser pessoas melhores, mais compreensíveis, com coração mais aberto de amor, de caridade”.

Para a deputada Erika Kokay (PT-DF), os vicentinos resgatam a condição humana em seus trabalhos de acolhimento. “É como se eles fossem puxando os fiapos de vida que estão sobre os escombros da desigualdade e da discriminação e tecendo e construindo um novo amanhã”, afirmou. “Os vicentinos nos fazem acreditar mais na humanidade”, concluiu.

Vicentinos
Os vicentinos são cristãos católicos, voluntários e missionários que levam a mensagem do Evangelho aos mais sofridos, além de apoio material para famílias mais pobres, em um trabalho de complementação das ações sociais empreendidas pela esfera governamental.