Rondônia - 22 de outubro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Douglas celebra adaptação no Corinthians e vê time ‘mais compacto’ com Jair Ventura

Douglas celebra adaptação no Corinthians e vê time ‘mais compacto’ com Jair Ventura

330
visualizações

5 comentários


Comunicar erro

Douglas marcou seu primeiro gol pelo Corinthians no domingo, contra o Internacional

Douglas marcou seu primeiro gol pelo Corinthians no domingo, contra o Internacional

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Há quase três meses atuando pelo Corinthians, Douglas marcou seu primeiro gol pelo clube no último domingo. O volante balançou a rede no empate em 1 a 1 contra o Internacional, pelo Campeonato Brasileiro, em plena Arena em Itaquera. O feito, é claro, foi comemorado pelo jogador de 21 anos, que ressaltou a rápida adaptação ao clube do Parque São Jorge.

“Muito importante pra mim esse gol, estava querendo, chegando perto. Graças a Deus consegui fazer.”, disse Douglas em entrevista à ESPN. O camisa 30 chegou ao Timão após passagem pelo Fluminense, em julho deste ano, e tem contrato até 2022.

“(A adaptação) foi bastante rápida mesmo, eu não esperava que fosse assim. É um desafio na vida, então, eu estou honrando esse desafio com meu potencial, meu trabalho dentro de campo. Agora foco total que daqui pra frente é só evolução”, completou o volante.

Leia também:Corinthians volta a negociar com o lateral-direito Michel, ex-Las Palmas; jogador viria em definitivo Novidade de Jair Ventura é enaltecida pela Fiel; lateral rouba cena e é eleito pior em campo

Ainda que tenha conquistado o status de titular em pouco tempo no Corinthians, Douglas não escapou das críticas da Fiel. As últimas atuações do camisa 30 foram rechaçadas por alguns torcedores, com ele atuando mais para a esquerda do campo. O cenário mudou no último final de semana, quando o técnico Jair Ventura decidiu posicioná-lo a direita.

“Eu acho que depois de ontem (domingo) isso já vai mudar com certeza. Está faltando eu chutar mais para o gol, mas se você ver essa formação de ontem, eu estou mais perto do gol. Eu acho que nesse jogo do Flamengo vou ter mais chances com essa formação”, analisou Douglas.

O técnico Jair Ventura, recém-chegado no comando do Timão, ganhou elogios do próprio volante. “Sim, o Jair é um ótimo treinador e ele se preocupa muito com a parte defensiva. Se você ver o nosso time está bem mais compacto. A gente tem que pensar agora na parte da frente também para criar mais oportunidades”, afirmou.

A formação utilizada pelo treinador diante do Internacional fugiu do 4-2-3-1 utilizado pelo antecessor Osmar Loss, e Jair optou com um time sem centroavante, tendo o meia Mateus Vital mais avançado. A mudança, segundo Douglas, foi bem aceita pelo grupo.

“A gente trabalhou na semana essa formação, acho que todos ficamos bem dentro da área nesse jogo. A área fica cheia e fica bom, um próximo do outro. Então, se você a gente teve bastante posse de bola e chances de gol”, disse.

Leia também: Questionado pela Fiel, Douglas ganha nova função, faz gol e é elogiado por Jair Ventura

Na escalação, inclusive, Douglas contou com outro companheiro de meio-campo: o volante Gabriel. Ele substituiu Ralf, que esteve suspenso na partida após levar seu terceiro cartão amarelo no Brasileirão, durante a virada de 2 a 1 sobre o Sport no domingo anterior.

“A relação com Ralf e Gabriel é boa, os os dois são excelentes jogadores, e é muito bom jogador ao lado dos dois. Aqui no Corinthians, tem muita pressão, como todos os clubes, e jogador tem que estar acostumado. Aqui todo mundo está acostumado com vitória, nós temos que nos acostumar de novo com as vitórias, então, agora é focar na Copa do Brasil”, garantiu Douglas.

De fato, o Timão tem um desafio e tanto pela Copa do Brasil nesta quarta-feira. A equipe alvinegra faz o jogo de volta das semifinais do torneio contra o Flamengo, às 21h45 (de Brasília), na Arena Corinthians. A primeira partida do mata-mata, disputada no Rio de Janeiro, terminou com um placar de 0 a 0.

Para Douglas, não há um favorito na eliminatória. “Eu acho que as coisas estão bem mais iguais (em relação ao primeiro jogo), se você olhar um clássico desse não tem favorito mesmo. Mas deixa eles como favoritos (risos), vamos fazer a nossa parte e trabalhar”, finalizou.

Veja mais em:
Jair Ventura, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.