Rondônia - 20 de outubro de 2018
Home / Notícias / Polícia / Cabeleireiro morre em hospital após ter 90% do corpo queimado pelo companheiro em Vilhena

Cabeleireiro morre em hospital após ter 90% do corpo queimado pelo companheiro em Vilhena

Morreu na manhã desta quinta-feira (27), na UTI do Hospital Regional de Vilhena, o cabeleireiro Daniel Reis, de 33 anos, que teve 90% corpo queimado pelo companheiro, Ozéias Cassimiro de Camargo, também de 33 anos, na última quarta-feira (26).

O crime aconteceu no salão do casal homoafetivo, que mantinha uma relação de mais de dez anos. Após ferir gravemente parceiro, Ozéias deixou o local às pressas e é considerado foragido.

De acordo com testemunhas já ouvidas pela polícia, depois de uma discussão entre os dois, o agressor aproveitou o momento em que Daniel estava sentado e atirou o combustível sobre ele, ateando fogo na sequência.

Fonte:Folha do sul