Rondônia - 24 de outubro de 2018
Home / Notícias / Nordeste / Rio Grande do Norte / Portal de Notícias | Agora RN » “Era ela ou eu”, diz mulher que matou adolescente de 15 anos em micareta

Portal de Notícias | Agora RN » “Era ela ou eu”, diz mulher que matou adolescente de 15 anos em micareta

Publicidade x fechar anúncio imagem11-10-2018-15-10-22

Teve início na manhã desta quarta-feira, 10, o julgamento do assassinato da adolescente Maria Raquel Silva de Almeida, 15 anos, morta em fevereiro de 2017, no bairro de Nazaré, zona Oeste de Natal, durante uma micareta.

A autora do crime, Joyce Gislaine Gomes, conhecida como “Joba”, 22 anos, declarou que matou a adolescente em legítima defesa. “Estava brigada com a menina, ela veio me furar, eu tomei a faca e furei ela. Era ela ou eu”.

Joyce confessou ter assassinado Maria Raquel com uma facada no peito. No depoimento, ela afirmou que a briga entre as duas começou porque a adolescente disse que ia bater em uma amiga de Joyce. “Ela disse que ia dar numa colega minha. Onde ela me via com os amigos dela, fazia confusão”.

A ré admitiu que o crime “não valeu a pena”, mas reafirmou que a faca pertencia à garota de 15 anos. Conforme as investigações, Joyce matou Maria Raquel por ciúmes, uma vez que a adolescente teria se relacionado com o ex-namorado da agressora. Ela só foi presa um mês depois do crime na região do Alto Sertão pernambucano.

Além de responder por homicídio duplamente qualificado contra Maria Raquel, Joyce também é acusada de tentativa de homicídio contra a mãe da vítima. Durante a micareta, a mãe de Maria Raquel tentou apartar a briga, mas acabou atingida por Joyce com uma pancada na cabeça.

O crime está sendo julgado no Tribunal do Júri do Fórum Miguel Seabra Fagundes, em Lago Nova, zona Sul da capital.