Rondônia - 10 de dezembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Vasco da Gama / Nos últimos 5 anos, apenas 15% do Z4 a 10 rodadas do fim escaparam do rebaixamento

Nos últimos 5 anos, apenas 15% do Z4 a 10 rodadas do fim escaparam do rebaixamento

Faltando 10 rodadas para o fim do Brasileiro, a calculadora faz parte não apenas dos times que estão na briga pelo título, mas, principalmente, das equipes que lutam contra o rebaixamento. Segundo o site Infobola, do matemático Tristão Garcia, apenas os sete primeiros colocados não correm risco de disputar a Série B em 2019.

E, para os times que estão na zona do rebaixamento, a má notícia é que, no passado recente (leia-se nas últimas cinco edições), apenas 15% dos que estavam no Z-4 a esta altura do campeonato escaparam da degola. Apenas três de 20 equipes se safaram.

Ano passado, após o fim da 28ª rodada, Ponte Preta, Avaí, Coritiba e Atlético-GO, eram, respectivamente, o 17º, o 18º, o 19º e o 20º. Dez jogos depois, os quatro caíram.

Em 2016, o panorama foi idêntico. Internacional, Figueirense, Santa Cruz e América-MG estavam no Z-4, após 28 jogos, e lá ficaram ao término do torneio.

No passado recente, a maior reviravolta na zona do rebaixamento, nos últimos 10 jogos, aconteceu em 2015. Isto porque Chapecoense, Figueirense, Vasco e Joinville ocupavam a zona da delgola após a 28ª rodada. E, destes, os dois primeiros escaparam, enquanto Avaí e Goiás se juntaram a Vasco e Joinville no rebaixamento.

A virada mais espetacular aconteceu com o Coritiba, em 2014. Na ocasião, o time era o lanterna após a 28ª rodada, seguido por Botafogo, Criciúma e Bahia. Terminada a competição, o Vitória se juntou aos outros três times e não evitou a queda, enquanto a equipe paranaense terminou em 14º.

Já em 2013, os últimos colocados após a 28ª rodada (Vasco, Portuguesa, Ponte Preta e Náutico) fracassaram na tentativa de escapar da degola.

Abaixo, as chances de rebaixamento neste ano do Brasileiro:

20º Paraná (99%)
19 Sport (80%)
18º Vitória (52%)
17º Ceará (28%)
16º Chapecoense (30%)
15º Vasco (36%)
14º Bahia (30%)
13º América-MG (23%)
12º Botafogo (10%)
11º Corinthians (9%)
10º Atlético-PR (1%)
9º Cruzeiro (1%)
8º Fluminense (1%)

Fonte: O Globo Online