Rondônia - 14 de novembro de 2018
Home / Notícias / Nordeste / Maranhão / Governo faz Dia D de combate ao câncer de mama no Maranhão – Maranhão

Governo faz Dia D de combate ao câncer de mama no Maranhão – Maranhão

imagem16-10-2018-00-10-29

imagem16-10-2018-00-10-30

Governo realizou o Dia D do Outubro Rosa nesta segunda-feira (15). (Foto: Márcio Sampaio)

O Governo do Estado realizou o Dia D da campanha Outubro Rosa, nesta segunda-feira (15), no Hospital de Câncer do Maranhão. A ação se dedica a compartilhar informações sobre o câncer de mama e promover a prevenção. A programação incluiu bate-papo e um ato símbolo de vitória, quando paciente tratada no hospital tocou o sino da cura.

O tema adotado este ano para a campanha é “Uma simples atitude pode salvar a sua vida. Procure um médico”. Além do hospital, outras unidades da rede da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com a Secretaria de Estado da Mulher (SEMU), em todo o estado farão programação para prevenir o câncer de mama, além de estimular o diagnóstico e tratamento precoce da doença.

O secretário de estado da Saúde, Carlos Lula, acompanhou a programação e realizou a abertura da ação. Ele lembrou que historicamente as mulheres exercem um papel fundamental de cuidadoras da família, dos amigos, mas muitas acabam por medo ou descuido esquecendo de cuidar da própria saúde. “Queremos reforçar a ideia de quem ama e cuida do outro, precisa cuidar de si. Precisamos estimular que as mulheres cuidem de si próprias. Paralelo a isso, ampliamos a rede de tratamento de câncer também para o interior do estado, com tratamentos oferecidos em Imperatriz e Caxias. Para o ano que vem, vamos ter a radioterapia oferecida pelo estado com a entrega do bunker, um serviço próprio”, destacou.

Parceira da ação, a secretária de Estado da Mulher, Terezinha Fernandes, salientou a importância de alertar as mulheres para o cuidado com a saúde. “Essa é uma campanha muito importante para nós mulheres. Ao mesmo tempo que conscientizamos nossas mulheres sobre seus direitos e como romper o ciclo da violência que se abate sobre muitas, também devemos trabalhar a orientação sobre a importância de se cuidar”, disse.

Referência

imagem16-10-2018-00-10-31

“Foi uma grande luta, mas nunca perdi a fé”, conta a paciente Ariana Cristina. (Foto: Márcio Sampaio)

Um dos momentos mais comoventes da programação foi quando a paciente Ariana Cristina Silva Ferreira dos Santos, de 22 anos, tocou o sino da cura, instalado no pátio da unidade. Diagnosticada com câncer na mama direita em abril do ano passado, após procurar um médico depois de um sonho revelador, ela passou por cirurgias, quimioterapia e radioterapia. Nesta segunda-feira, ela foi considerada curada.

“Tocar o sino simboliza uma nova vida, uma nova história. Toquei o sino da minha vitória. É som da vitória. Foi uma grande luta, não foi fácil o tratamento. Imagina descobrir a doença? Mas nunca perdi a fé, a esperança”, disse a jovem.

O diretor clínico do hospital, Stênio Santos, destacou que o hospital é referência estadual no tratamento de câncer, oferecendo especialistas e tecnologia de ponta para diagnóstico e tratamento da doença, em especial do câncer de mama.

“Temos mastologistas altamente especializados, medicina diagnóstica de qualidade elevada, como a ultrassonografia e mamografia, e equipe multiprofissional, porque entendemos que não adianta só tratar a doença. Temos uma visão mais holística do paciente, por isso tentamos suprir todas as necessidades dele”, comentou.

Em São Luís, o Centro de Especialidades Médicas Dr. Alfredo Netto Guterres – Cem Diamante, a UPA Araçagi, Hospital Aquiles Lisboa, Centro de Saúde Dr. Genésio Rêgo, Maternidade Nossa Senhora da Penha, UPA Parque Vitória, Hospital Tarquínio Lopes Filho, UPA e CEM Cidade Operária, Maternidade Benedito Leite, Hospital Geral da Vila Luizão e Cem do Vinhais vão concentrar atividades.

O câncer de mama é tipo mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele não melanoma.

Comentários

Comentários