Rondônia - 15 de novembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Valente, Corinthians arranca empate em jogaço pelas oitavas da LNF

Valente, Corinthians arranca empate em jogaço pelas oitavas da LNF

12 mil
visualizações

10 comentários


Comunicar erro

Renatinho (à dir.) marcou os dois gols do Corinthians em Foz do Iguaçu

Renatinho (à dir.) marcou os dois gols do Corinthians em Foz do Iguaçu

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Recém-campeão da Copa do Brasil, o Corinthians/UNIP estreou com empate nos playoffs da Liga Nacional de Futsal (LNF). Em duelo eletrizante disputado na noite desta segunda-feira, no Ginásio Ministro Costa Cavalcanti, em Foz do Iguaçu (PR), Timão e Foz Cataratas ficaram no 2 a 2.

Os gols da equipe da casa foram marcados por Willian e Trentin, enquanto o ala Renatinho anotou os dois dos corinthianos – ambos os gols com passes de Daniel, que valorizou o equilíbrio do confronto em Foz.

“Sentimento de empate. A gente poderia ter saído com um resultado melhor, como eles também. O empate está de bom tamanho, as duas equipes jogaram muito bem. Vamos descansar porque o jogo lá será igual”, disse Daniel em declaração à TV NSports.

E agora? – Os times paulista e paranaense voltam a se enfrentar na próxima segunda-feira (22) no Ginásio Wlamir Marques, em São Paulo (SP), às 19h30, com entrada gratuita para a Fiel. Para avançar às quartas da LNF, o esquadrão alvinegro precisa vencer por qualquer placar.

Em caso de nova igualdade, haverá prorrogação, onde o Corinthians, dono de melhor campanha ao longo da primeira fase, possui a vantagem do empate.

Antes, André Bié & cia. encaram o Dracena, nesta quinta-feira, às 20h15, também no Wlamir Marques, pela volta das quartas de final da Liga Paulista (LPF).

O jogo

Jogando em casa e impulsionado por sua torcida, o Foz dominou o Corinthians nos primeiros minutos de confronto e logo abriu o placar com Willian, que se desvencilhou da marcação de Nenê e superou o goleiro Obina.

A superioridade técnica-tática imposta pelo Foz obrigou André Bié a pedir o primeiro tempo técnico em seguida. Seria a faísca necessária para o Timão entrar em quadra de vez e se impor como recém-campeão da Copa do Brasil de Futsal.

Reiniciada a partida, a equipe do Parque São Jorge passou a ficar mais tempo com a bola e investir nas triangulações, sobretudo pelo lado direito. A quatro minutos do fim do primeiro tempo, Renatinho tabelou com Daniel, avançou em velocidade pelo lado, recebeu de primeira e finalizou na saída do arqueiro do Foz, deixando tudo igual.

Pouco depois, Deives, cara a cara com o goleiro adversário, acertou a trave, desperdiçando grande chance no Ministro Costa Cavalcanti. No mais, ligeira superioridade corinthiana, mas empate por 1 a 1 nos primeiros 20 minutos.

“Realmente (faltou mais concentração). A gente entrou meio desconcentrado, Bié teve que nos alertar, a equipe do Foz é muito forte aqui dentro. Não podemos dar esse mole que demos no início do jogo”, afirmou o ala Caio, à TV NSports, no início do intervalo.

Se havia terminado bem o primeiro tempo, o Corinthians começou mal o segundo, errando passes curtos e sem o mesmo espírito incisivo. O Foz, sem a pressão de um ginásio abarrotado torcendo contra, voltaria a possuir vantagem no marcador: Trentin apareceu entre os defensores corinthianos e desviou de primeira, sem chances de defesa para Obina.

Curiosamente, o Timão empatou o embate pela segunda vez sob as mesmas circunstâncias do primeiro gol: tempo técnico de Bié, assistência de Daniel e gol de Renatinho! O ala pegou mascado na bola, viu o arqueiro Luan evitar o tento num primeiro momento, mas ficou com o rebote e anotou o segundo dos paulistas.

Os minutos finais ficaram marcados por inúmeros bate-bocas entre os atletas e bastante reclamação contra a arbitragem. Ingredientes que certamente apimentam o jogo de volta, no início da próxima semana, em território alvinegro!

Veja mais em:
Futsal do Corinthians.